Os segredos da longevidade japonesa: 5 alimentos saudáveis do Japão

Os cidadãos japoneses são conhecidos por ter uma das maiores expectativas de vida, com 86 anos de idade. Entre alguns fatores desta estimativa tão alta, está a alimentação japonesa.

O cardápio das refeições japonesas do dia a dia são em sua maioria saudáveis, ricos em verduras, raízes e leguminosas. Conheceremos cinco alimentos saudáveis do Japão, dentre as muitas opções existentes.

1.Goya

A verdura goya é abundante em Okinawa, seu aspecto é parecido com um pepino com aspecto de jiló. Conhecido também como pepino amargo, melão de são caetano, nigaori, nigauri ou nagagori.

É servido cozido com ovo, cru e fatiado com shoyu, com arroz ou frito como tempurá. Entre alguns benefícios estão as propriedades hipoglicemiantes, ou seja, ajudam a baixar os níveis de glicose no sangue e ajuda o controle da diabetes.

Melhora a imunidade e segundo estudos científicos combate algumas células cancerígenas, além de proteger contra infecções bacterianas e virais, aliviar a hipertensão e proteger contra o Alzheimer.

2.Maitake

Da classe dos cogumelos, o maitake é hipoglicêmico e fortalece o sistema imunológico, através das células beta-glucana. É um ótimo acompanhante de refeições, pode ser refogado com shoyu e servido junto ao arroz.

Leia também:

3.Kabocha – Abóbora japonesa

O kabocha possui muitas fibras e ajudam o funcionamento do intestino, diminui o índice glicêmico e possui propriedades antioxidantes. A receita japonesa é cozinhar a abóbora, com shoyu e sakê.

4.Tofu

O tofu é um queijo de soja, entre seus benefícios estão diminuir o colesterol, possui ação anti-inflamatória e rico em cálcio.

Muito utilizado na culinária japonesa, pode ser servido com caldo de shoyu, gengibre ralado e cebolinha, no misoshiru e no sukiyaki.

5.Natto

Feito de grãos de soja fermentada, é consumido no café da manhã por muitos japoneses. Livre de glúten, rico em fibras e diminui a formação de coágulos no sangue. O natto é cozido e servido com arroz ou adicionado na salada.

Alguns destes alimentos fazia parte da mesa de vocês ou alguém já experimentou algum deles? Não deixe de comentar

Comentários

Share via