Tama: a gatinha Chefe de Estação que ficou na história das ferrovias do Japão

Tama era uma gata de chita que trabalhou como Chefe de Estação e Diretora de Operações da Estação Kishi, em Kinokawa, de 2007 a 2015.

Conheça a história desta gatinha que fez uma empresa ferroviária sair do vermelho e inaugurou um tipo de marketing muito fofo.

Marketing espontâneo

Em abril de 2006, a Wakayama Electric Railway passou todas as estações da Linha Kishigawa de tripulada para não-tripulado, em um esforço para cortar custos.

Os chefes de cada estação foram selecionados a partir de funcionários das empresas locais perto de cada estação.

Para a Estação Kishi, Toshiko Koyama, o dono da mercearia de bairro, foi escolhido como chefe de estação. Koyama adotou Tama e outros gatos de rua, e passou a alimentá-los na estação.

Em janeiro de 2007, os funcionários decidiram oficialmente o nome do chefe da estação e escolheram Tama. O seu trabalho na estação era cumprimentar os passageiros.

O trabalho de Tama

Diariamente, Tama usava um chapéu de chefe da estação e ficava sentada em cima de um portão de bilhetes como quem os verifica. Em vez de um salário, a ferrovia dava comida e hospedagem à gatinha.

Tama contribuiu para a revitalização do turismo em Wakayama e do transporte público local. Olha o trem!

O sucesso de Tama foi tamanho, que desencadeou uma onda de nomeações de coelhos, gatos e cães entre outros animais, como Chefes de Estação. Impulsionando financeiramente as estradas de ferro e atraindo passageiros e turistas em todo Japão.

Tama 2ª

Porém, infelizmente, em 22 de junho de 2015, Tama faleceu, mas se tornou uma “Eterna Honorável Chefe de Estação”.

Agora, Tama abençoa a Wakayama Electric Railway e o transporte público local recebendo muitos passageiros no “Templo de Tama”, que foi construído na plataforma da estação de Kishi.

Atualmente, Nitama que já trabalhou na estação de Idakiso, sucedeu o posto de Tama e é chamada de “Tama 2ª a Chefe de Estação”.

Como outros funcionários, “Tama 2ª” cumpre horas de trabalho na estação Kishi. Mas tem seus dias de folga.

É o Japão sendo kawaii mais uma vez. Mas quem não gosta, vocês concordam?

Comentários

Share via