Karaokê: do Japão para o mundo, em constante evolução

O karaokê é uma forma de curtir música que nasceu no Japão e se espalhou para o mundo, mas ainda está em evolução com novas possibilidades de diversão.

Cantar na frente de um monitor de TV tornou-se um passatempo de milhões de pessoas de todos os cantos do planeta. E desde que surgiu na década de 70, o karaokê continuou a evoluir, com máquinas que acompanham a tecnologia da web e ampliam a experiência de simplesmente cantar.

rsz_1karaoke3

Conheça as principais evoluções desta que é uma “mania nacional” japonesa há décadas, que conquista adeptos no mundo todo e não para de inovar.

Estúdio karaokê

Dados indicam que o Japão tem quase 10.000 estabelecimentos dedicados ao karaokê, onde normalmente, famílias e amigos alugam salas com uma máquina de karaokê com tecnologia de ponta, para soltar a voz do coração.

Atualmente, as novas empresas de karaokê estão investindo em novas formas de curtir a cantoria, onde é possível, além de cantar, tocar instrumentos musicais, junto com o software.

Em Nakano, bairro de Tóquio, é possível encontrar várias salas com esses modernos karaokê, onde é possível dedilhar um violão e ajustar a qualidade do som, entre outras funções que permitem ao cliente sentir-se parte de uma banda, mesmo que esteja tocando sozinho.

Para desfrutar dessa experiência musical, basta levar o instrumento e os cabos, que imediatamente o espaço se transforma em um estúdio.

Furikara

Aos que preferem dançar com seu ídolo, o karaokê com instruções de dança, chamado de “furikara” (uma junção de “furitsuke”, coreografia, com”karaoke”, sem orquestra) apresenta vídeos com os astros dançando e ensinando os principais movimentos. Além disso, o vídeo possibilita a vista dos diferentes ângulos das coreografias.

Karaokê de anime

E para os fãs de anime, existe o karaokê com “anime scenes” (cenas de anime) no qual o fã pode dar voz ao seu personagem favorito seguindo as linhas da tela, que são registradas junto com as falas.

Dupla de desconhecidos

As modernas máquinas de karaokê permitem aos usuários formar uma dupla com desconhecidos que estão em busca de uma parceria.

Para isso, uma câmera especial disposta na parede da sala de karaokê captura as imagens para um site específico. E quem estiver procurando um par, pode buscar pelas imagens do site. Antes porém, deve pesquisar a música para encontrar o vídeo.

Então, basta reproduzir o vídeo e fazer um dueto com um estranho. Alguns frequentadores podem também deixar parte da música gravada para que outros participantes possam utilizá-las  e criar novas harmonias.

Outro aplicativo muito divertido permite que se reproduzam vários vídeos gravados ao mesmo tempo, criando um verdadeiro coral karaokê.

O karaokê une pessoas

Calcula-se que atualmente, um em cada três japoneses gosta de cantar em karaokê e pelo menos uma vez por ano procura uma dessas salas em busca dessa diversão.

rsz_karaoke5

Além disso, existe um número crescente de karaokê, onde as pessoas podem ir para cantar sozinhas e desfrutar de suas músicas favoritas quantas vezes quiser, sem se importar com qualquer outra pessoa.

Mas, procurar um par entre esses frequentadores solitários cansados de cantarem sozinhos, tem resultado em afinidades musicais que se transformaram até em casamentos.

Outras evoluções

Entre outras evoluções do karaokê, é possível encontrar salas temáticas, onde as de anime são muito procuradas.

rsz_karaoke4

Ou até, salas semelhantes às suítes de hotel. Nas quais, além do karaokê, os clientes podem desfrutar de um momento gourmet, com um chef exclusivo à disposição. Essas salas são mais procuradas por executivos e empresas que buscam um local para socializar com seus clientes.

rsz_karaoke2

O karaokê no Japão significa mais do que uma diversão, para a maioria dos japoneses é uma prática social e um modo de desfrutar bons momentos com a família e com os amigos.

Que tal começar a praticar?

Comentários

Share via