Sebastian Masuda: a estrela da subcultura kawaii e seus empreendimentos fofos

Sebastian Masuda é uma das principais estrelas da subcultura kawaii do Japão, que emprega seus talento criativo em empreendimentos muito fofos.

Conheça um pouco do Sebastian Masuda, empreendedor, artista plástico e diretor de arte, símbolo do movimento kawaii do Japão.

Perfil – Sebastian Masuda

Sebastian Masuda nasceu em 1970 e depois de fazer parte de um teatro e grupo de arte de vanguarda no início de 1990, fundou sua loja 6% Dokidoki no bairro de Harajuku, em Tóquio.

Seu primeiro empreendimento, a 6% Dokidoki, é uma loja que tem o orgulho de ser a precursora do movimento “Sensational Kawaii”.

O estilo da 6% Dokidoki
Kawaii é um termo japonês usado para se referir a tudo o que é “fofo” e meigo, utilizado a partir dos anos 60 e amplamente empregado pelas gerações jovens seguintes.

Através de suas turnês mundiais intituladas “Harajuku Kawaii Experience”, que teve início em 2009, a loja e marca de Sebastian Masuda ganharam fama e tiveram muito sucesso espalhando e divulgando seu este estilo de moda, símbolo da cultura japonesa “kawaii”, em uma escala global.

Desta forma, Masuda tornou-se o garoto-propaganda de Harajuku e da cultura kawaii, e passou a receber a atenção não apenas como um proprietário da loja, mas também como um artista.

Masuda como diretor de arte

Em 2011, Sebastian Masuda fez sua estréia como diretor de arte para a cantora, ícone pop do Japão, Kyary Pamyu Pamyu, em seu vídeo, um single de estreia chamado PON PON PON.

Depois do sucesso de PON PON PON, Masuda atuou nos vídeos seguintes, “Tsukematsukeru”, “Fashion Monster”, “Furisodeshon”, assim também como na turnê da cantora.

Masuda ainda atua como artista e diretor de arte, contextualizando o bairro de Harajuku com sua cultura kawaii através de seu trabalho, principalmente como empreendedor.

6% Dokidoki

O primeiro grande empreendimento de Sebastian Masuda surgiu em 1995, no bairro de Harajuku. Com uma proposta de explosão de cores para as meninas, a “Sensational Kawaii”.

6% Dokidoki
6% Dokidoki

Apesar de dirigir o mega sucesso da cantora Kyary, Masuda continuou investindo na moda e participando de diversos eventos e desfiles pelo mundo todo, além de abrir outras lojas filiais da 6% Dokidoki em Tóquio.

Kawaii Monster Cafe

No ano passado, Sebastian Masuda inaugurou um novo café no bairro de Harajuku, o Kawaii Monster Cafe.

rsz_kawaii_monster_cafe_masuda

rsz_kawaii_monster_ambient_01

Localizado a poucos metros da 6% Dokidoki, o café é dividido em 4 espaços diferentes. Cada espaço com seu ambiente “fofo” e ao centro dos ambientes um bolo colorido e gigante em formato de carrossel.

rsz_kawaii_monster_ambient_1-1

rsz_kawaii_monster_ambient_6

rsz_kawaii_monster_ambient_3

rsz_kawaii_monster_ambient_2

rsz_kawaii_monster_ambient_7

rsz_kawaii_monster_ambient_5

rsz_kawaii_monster_ambient_4

À noite, funciona um restaurante temático servido por personagens que parecem ter saído de Alice no País das Maravilhas ou de algum sonho colorido com piratas e vampiros.

rsz_kawaii_monster_cafe_food

Masuda – artista

Sebastian Masuda, como artista plástico participou de uma mostra de arte em Nova York em 2014, com seu projeto “Colorful Rebellion”.

rsz_kawaii_masuda_art

Masuda possui também um interessante projeto com grandes esculturas translúcidas da popular, e símbolo kawaii, Hello Kitty, também chamadas pelo artista como cápsulas.

Essas cápsulas serão distribuídas em diferentes locais do mundo. Em cada local que recebe a cápsula, Masuda realiza uma série de oficinas para a criação e utilização de objetos pessoais coloridos, muitos deles doados por suas lojas 6% Dokidoki, que são depositados dentro das cápsulas.

rsz_kawaii_hello_kitty2

Todas as esculturas serão reunidas em 2020, durante os Jogos Olímpicos no Japão, para juntar todas as memórias das cidades onde as cápsulas estiveram.

É deliciosamente colorida a criatividade de Sebastian Masuda, concorda!

Comentários

Share via