7 frutas muito populares do Japão

No Japão existem muitas frutas populares e amplamente consumidas na culinária, em sucos e até em banhos.

Algumas frutas do Japão são iguais ou pequenas variações de frutas conhecidas no Brasil e outros países, como um tipo de tangerina chamada mikan, morangos, uvas, caquis, abacaxis e a conhecida maçã fuji, claro.

No entanto, os japoneses possuem algumas frutas que são muito consumidas e utilizadas em seu dia-a-dia.

Conheça 7 frutas populares do Japão.

1 – Peras Nashi

Nashi são frutas grandes e redondas, conhecidas como peras japonesas. Elas possuem uma textura semelhante às maçãs, porém com sabor suave de pera.

A nashi é servida descascada e cortada. Elas também são usadas na culinária para fazer doces, além das tortas muito apreciadas pelos japoneses.

As peras nashi são encontradas de setembro a outubro.

2 – Cerejas Satonishiki

O Japão tem muitas cerejeiras. No entanto, a maioria delas são cultivadas apenas para as flores não dão frutos.

Em todo o Japão existe um único tipo de cereja conhecido como a satonishiki.

A satonishiki é uma cereja pequena, vermelha e brilhante que surge no início do verão. Como com a maioria das frutas japonesas, a satonishiki é de alta qualidade e considerada uma fruta cara.

No entanto, as satonishiki de qualidade intermediária podem ser encontradas nos supermercados do Japão a um preço razoável e sua safra é de maio a julho.

3 – Ume

Ume são damascos japoneses conhecidos por seu sabor único e azedo. Eles raramente são comidos ao natural, diretamente, mas são usados principalmente para fazer pickles umeboshi.

O ume também é usado como ingrediente em uma grande variedade de alimentos e bebidas japonesas.

Existem muitas árvores de ume no Japão e eles são populares porque suas flores são as primeiras a florescerem no final do inverno. Portanto, eles são considerados um prenúncio da primavera.

A colheita do ume ocorre de junho a julho.

4 – Yuzu

Yuzu é uma fruta cítrica japonesa com um sabor amargo. Ela possui a pele esburacada que é inicialmente verde e fica amarela à medida que amadurece.

A yuzu tem uma aparência pouco atraente quando comparada às outras frutas do Japão e raramente são comidas ao natural. No entanto, sua casca e o seu suco são amplamente utilizados na culinária e em bebidas.

É um velho costume do Japão adicionar a yuzu inteira na água do banho e muitos resorts e onsen adicionam yuzu às suas piscinas, principalmente no solstício de inverno.

A safra do yuzu se dá entre novembro e dezembro.

5 – Kinkan

Kinkan são pequenas frutas cítricas, não muito maior do que uma azeitona, com a casca doce e polpa amarga que são, geralmente, comidas inteiras.

O kinkan é ocasionalmente usado na culinária, em sobremesas e cocktail.

A safra do kikan ocorre de novembro a fevereiro.

6 – Daidai

O daidai é um tipo curioso de fruta cítrica japonesa que permanece em uma árvore por muitos anos se não forem colhidos. Eles ficam cor de laranja no inverno e voltam a ficar verde no verão.

O daidai é um símbolo da longevidade no Japão e é usado como decoração nas festas de Ano Novo. A palavra daidai significa “várias gerações”.

O daidai, portanto, não tem uma época definida para sua safra ou colheita.

7 – Sudachi

Sudachi são pequenas frutas cítricas, verdes que se assemelham aos limões, mas têm um gosto de laranja azeda, mais parecido com o yuzu.

Os sudachi não são comidos ao natural, como outras frutas, mas são amplamente utilizados na culinária japonesa.

Os sudachi são colhidos entre outubro e novembro.

Já provaram essas frutas?

Comentários

Share via