Kyudo: a arte marcial que é a principal atração do Toshiya Festival de Quioto

O kyudo é uma arte marcial herdada dos samurais há séculos e relembrada todos os anos no Toshiya Festival em Quioto, que este ano acontece dia 8 de janeiro.

Toshiya Festival

Todos os anos, no segundo domingo de janeiro acontece em o Toshiya Festival, no Templo Sanjusangendo, em Quioto. Durante o festival ocorre uma grande competição de tiro com arco, chamado kyudo, conhecida como Ohmato Taikai.

O Templo Sanjusangendo em Quioto sempre atraiu muitos entusiastas do kyudo, ou do tiro com arco, pois o templo é o edifício de madeira mais longo do Japão, e por muito tempo o desafio consistia em atirar uma flecha de uma extremidade até a outra do edifício, cerca de 120 metros.

Em 1606, um samurai deu uma demonstração de sua habilidade com o kyudo, disparando 100 setas seguidamente ao longo do comprimento do templo, atingindo o alvo 51 vezes.

Desde então, esta famosa história originou a competição anual de kyudo no Templo de Sanjusangendo, com os eventos que se assemelham às maratonas de tiro com arco.

A Competição Atual

A competição moderna é chamada Ohmato Taikai e é um pouco menos extensa do que a competição histórica.

O evento ocorre no segundo domingo de janeiro, na véspera do Seijin no hi (Dia da Maioridade) e os concorrentes têm 20 anos de idade, mas há também demonstrações feitas por arqueiros mais velhos e mais experientes.

A cada ano, cerca de 2000 arqueiros participam do evento, onde os alvos estão a 60 metros de distância, a metade do comprimento do templo.

Os arqueiros disparam em grupos maiores de seis em apenas quatro alvos. Cada arqueiro tem duas setas e dois minutos. Os arqueiros que atingirem o alvo com ambas as setas seguem para a próxima rodada.

O que é kyudo?

Kyudo, significa, literalmente, o caminho do arco. Uma arte marcial japonesa de tiro com arco, com sua própria filosofia, técnicas, costumes e equipamentos.

Arqueiro japonês – 1878

O tiro com arco é uma arte antiga no Japão. E calcula-se que atualmente existem cerca de 500.000 praticantes de kyudo no país. A maioria são estudantes japoneses que aprendem kyudo na escola secundária ou na universidade.

O kyudo é uma arte marcial perigosa que requer maturidade, e geralmente, hoje em dia não é ensinada a qualquer pessoa com menos de 15 anos de idade.

Yumi

Os arcos do kyudo são conhecidos como yumi. Eles são assimétricos e excepcionalmente longos. Os registros históricos indicam que os japoneses usaram arcos longos e assimétricos já no século III aC.

A aderência é posicionada dois terços da distância da parte superior do arco e a curva do arco é diferente na parte superior e inferior. O resultado é um arco extremamente poderoso, que pode ter o dobro da altura do arqueiro.

Hoje, existem modernos arcos feitos com materiais compostos de carbono, mas não são muito populares. A maioria dos arqueiros preferem o yumi tradicional, feito com bambu, madeira e couro. Assim como eram há centenas de anos.

Era Edo ou Idade de Ouro do kyudo

As habilidades de tiro com arco atingiram o auge no Japão durante a era Edo. Registros históricos confiáveis desse período indicam que os samurais possuíam habilidades de arqueiros.

Yabusame

Os samurais podiam também, atingir um alvo com um arco enquanto montavam em um cavalo em alta velocidade. Esta é uma arte marcial chamada Yabusame (tiro com arco montado) e ainda é amplamente praticada em todo o Japão nos dias atuais.

As apresentações de Yabusame são realizadas em vários festivais, como o Aoi Matsuri no Santuário Shimogamo em Quioto.

No Brasil também existem muitos praticantes de kyudo. Você já conhecia esta arte marcial?

Comentários

Share via