Wakakusa Yamayaki: o festival que queima uma montanha

Wakakusa Yamayaki é um festival que ocorre anualmente na cidade de Nara, região de Kansai, onde acontece a queima de uma montanha.

Conheça um pouco sobre a história da cidade e do festival que ocorre no próximo sábado.

Monte Wakakusa

O Wakakusa Yamayaki é um festival em Nara, que acontece todos os anos, no último sábado de janeiro, a partir do meio-dia e termina no final da tarde com queima de fogos de artifício e um incêndio no Monte Wakakusa.

Nara

Nara (奈良 市 -shi) é uma cidade localizada na província de Nara e que foi a capital do Japão durante o período Nara (710-784), sob o nome de Heijō-kyō (平城京).

Foi durante esse período que a maioria dos grandes templos, que deram visibilidade a cidade, foram construídos.

Embora que após a mudança da capital para Quioto a cidade foi um pouco negligenciada, seus templos mantém sua importância até hoje.

Em 1180, grande parte da cidade foi destruída, em um ataque do Clã Taira. Logo em seguida, foram reconstruídos os templos Tōdai-ji e Kōfuku-ji e o resto da cidade.

Origem do festival

Em japonês, a palavra “yamayaki” significa “queimar uma montanha”.

O Festival Yamayaki, relembra lendários conflitos do século XVIII e o Wakakusa Yamayaki teve início em uma disputa ocorrida pelo território entre os monges dos templos Tōdai-ji e Kōfuku-ji, que culminou na queima do Monte Wakakusa para finalizar a disputa.

Hoje, séculos depois, o Wakakusa Yamayaki já não representa esse conflito intempestivo e a honra de queimar a montanha é dada a um grupo de monges de cada um dos templos Tōdai-ji e Kōfuku-ji e Kasuga.

Outra explicação histórica é a de que a montanha era tradicionalmente queimada para afastar insetos e ursos. Dizem também que já não há mais insetos e nem ursos, mas os templos e os monges ainda estão lá.

Grama seca

Nas montanhas que ocorrem os yamayaki cresce uma grama verde no verão, e é claro que é muito agradável aos olhos, assim como as árvores ao redor. Por isso, os bombeiros estão sempre de prontidão durante o evento.

Em Nara, bem ao lado da área da queimada, há uma floresta preservada, a Kasugayama, tida como uma floresta sagrada e que fica em uma área fechada e restrita ao público, há mais de 1000 anos.

Festivais de fogo

O fogo é um elemento comum em muitos festivais do Japão e as habilidades de bravura com o fogo são muito exploradas nessas ocasiões.

A própria história do Japão está repleta de tristes ocorrências com incêndios devastadores. Mas culturalmente, o elemento fogo sempre exerceu um fascinante papel nas cerimônias e comemorações de todo o Japão.

Wakakusa Yamayaki

O festival começa lentamente ao meio-dia e entre as festividades ocorre uma competição de arremesso de senbei, saborosos biscoitos de arroz assados ou grelhados, que acabam servindo de petiscos para os tantos cervos do local. Os cervos de Nara são considerados “mensageiros dos deuses”.

Por volta de 17h30 uma grande fogueira é acesa na base do Monte Wakakusa. Os monges que chegam ao local se reúnem em volta da fogueira por um tempo.

Às 18h00 há um show de fogos de artifício e em seguida, os monges usam a fogueira para acenderem grandes tochas, caminham uma curta distância até a montanha em uma procissão e iluminam a mata em chamas.

Os resultados da queima variam de ano para ano, dependendo das condições da grama. Se é um ano seco a montanha pode queimar muito rapidamente.

Devido à posição do Monte Wakakusa, bem próximo à cidade, os fogos de artifício e fogo na montanha podem ser vistos de muitos lugares de Nara.

No vídeo abaixo, você pode assistir a alguns momentos do festival Wakakusa Yamayaki.

Agradavelmente este festival ocorre durante o inverno no Japão. Interessante, concorda?

Comentários

Share via