Boas maneiras: dicas de etiqueta para um café da manhã tradicional do Japão

Você tem medo de se comportar como um um gaijin mal-educado?

Recentemente, aconteceu um evento no icônico Hotel Okura, em Tóquio, onde Reiko Kobayashi, uma membro da equipe do restaurante japonês Yamazato, passou lições de etiqueta para uma refeição tradicional do Japão.

Lobby do Hotel Okura

Wachoshoku: o café da manhã tradicional do Japão

Começando pelo wachoshoku, o café da manhã tradicional do Japão. O padrão desta refeição é ichiju sansai ou sopa e três acompanhamentos, que não conta o arroz ou o picles, considerados indispensáveis.

Os três pratos que tipicamente acompanham são um pedaço de peixe grelhado, carne ou tofu, um prato de cozido e um prato de ovo.

Boas maneiras: início

De acordo com Kobayashi-san, sempre que você tiver uma comida ou bebida em sua frente, você deve colocar o guardanapo em seu colo, com cerca de um terço dobrado. Esta parte será usada para limpar a boca e mantê-lo dobrado de modo que a parte suja fique sempre escondida.

Agora você pode usar seu oshibori ou toalha úmida. Com sua mão direita (supondo que você seja destro), pegue os pauzinhos. Retire a capa de papel e coloque-a à esquerda da bandeja.

Ponha sua mão esquerda embaixo para segurar os pauzinhos, em seguida ponha sua mão direita sobre os pauzinhos para segurá-los. Se eles são do tipo que precisam ser puxados para separar, este é o momento.

Para descansar os pauzinhos, inverta os movimentos, colocando a mão esquerda por baixo e a mão direita por cima. Coloque os pauzinhos no descanso com cerca de 3 cm de repouso sobre a borda do descanso.

Esta é a posição dos pauzinhos (hashi) quando não estão sendo utilizados.

Antes de comer, lembre-se de sentar em linha reta e dizer itadakimasu.

Agora começa a parte boa, comer de verdade!

Itadakimasu!

Kobayashi-san lembra que os pratos não destinados a serem comidos um de cada vez. Em vez disso, aproveite o equilíbrio dos ingredientes sazonais de prato em prato. Geralmente, você deve comer um pedaço de algum acompanhamento com uma mordida de arroz.

Mesmo os pratos de entrada têm elementos sazonais, como flores de ameixa marcando o mês de fevereiro.

A sopa, geralmente é consumida no final da refeição, mas você pode retirar as tampas do arroz e dos pratos quentes. Para fazer isso, segure o prato com a mão esquerda e pegue a tampa com a mão direita.

Coloque as tampas de cabeça para baixo na mesa ou na bandeja, o que estiver mais próximo. Colocá-la de cabeça para baixo protege a mesa ou bandeja de laca das gotas de água e do vapor.

Um prato de peixe de marfim frito, hijiki-shinoda, cenoura esculpida como flores de ameixa. Pequenos detalhes que fazem a diferença.

Por o corpo sobre a mesa é considerado grosseiro. Em vez disso, a maioria dos pratos servidos podem ser levantados com suas mãos e levados próximos à sua boca enquanto você utiliza os pauzinhos.

Atenção! Estes dois pratos laterais são claramente muito pequenos para serem retirados da mesa.

Porém, os pratos maiores não precisam necessariamente ser levantados. Kobayashi-san diz que, como regra geral, se um prato se encaixa confortavelmente na palma de sua mão, ele pode ser pego. Se não, deixe-o sobre a mesa.

Se você estiver preocupado(a) com os pedaços de comida que caem, você pode usar a tampa do prato de cozido como um tipo de prato aparador.

Nesse caso, pegue-a com a mão esquerda e acompanhe com a tampa cada vez que leva o alimento à boca e use os pauzinhos para pegar qualquer coisa que caia nela.

O prato de cerâmica, mais pesado, para os ovos, seria pesado demais para ser levantado. Além disso, o rabanete ralado, daikon, é usado como um limpador de paladar após a omelete de ovo doce. Não é para ser comido com ele.

A haste de gengibre cru (hajikami) serve para eliminar o hálito de peixe, de modo a limpar o seu paladar.

Se em qualquer momento quiser mais arroz, deixe alguns grãos em sua tigela. Isto é uma demonstração de que ainda pode ser servido com mais. Se você comer todo o arroz estará sinalizando que está satisfeito (cheio) e não precisa mais.

A sopa, geralmente é consumida por último. Da mesma forma, remova a tampa e coloque-a de cabeça para baixo sobre a mesa ou bandeja à sua direita.

Quando terminar sua refeição, coloque as tampas de volta em seus pratos como antes.

Estes princípios podem ser aplicados em todas as refeições. Pode parecer complicado, mas cada princípio ganha uma lógica funcional quando compreendido.

Mas, o melhor conselho é sempre apreciar a apresentação artística e os deliciosos sabores de cada estação apresentados nas refeições, sem ficar preocupado(a) demais.

Afinal, seu chef ficará mais satisfeito se ouvir você dizer que gostou da refeição do que apenas vê-lo(a) comendo com exatidão.

Gostaram das dicas?

Fonte: Rocketnews24

Comentários

Share via