Educação exemplar das crianças japonesas

Hoje, vamos conhecer sobre a educação das crianças japonesas, desde muito cedo é ensinado a limpar, guardar e a ter responsabilidade com os pertences, é muito bonito de observar. O post de hoje é uma lista com os pontos mais curiosos sobre as escolas e educação japonesa.

As crianças estão acostumadas a ir sozinhas para a escola desde os seis anos de idade, são orientadas a andar em grupo de coleguinhas que moram na mesma região, além de ter casas de apoio espalhadas pelo caminho, identificadas com uma bandeira amarela;

Créditos: reprodução

 

Apesar do caminho seguro, algumas andam com um dispositivo de segurança, uma espécie de alarme portátil, que pode ser acionado facilmente, geralmente fica pendurado na alça de suas mochilas;

Alguns estudantes são designados a ajudar os colegas a atravessarem a rua e se identificam com uma bandeira amarela;

As escolas não possuem refeitórios, as merendas (kyushoku) são servidas em sala de aula, e toda arrumação, preparação e limpeza (souji) é feita pelos estudantes em conjunto com divisão de tarefas;

A limpeza da escola também é dividida entre os alunos, cada classe possui responsabilidade em limpar e organizar um ambiente, como forma de respeito ao próximo e consciência social;

Crédito: Washington Post

Na era Meiji, o nacionalismo e a lealdade ao imperador faziam parte da grade curricular das escolas japonesas, depois da segunda guerra mundial os ensinamentos foram trocados para democracia e paz;

O jardim de infância dura de 01 a três anos (Youchien), a elementar (shogakkou) 6 anos, o ginásio (chugakkou) 3 anos, o colégio (koukou) 3 anos;

Normalmente, as aulas começam às 8h30 e se extendem até cerca das 15hs a 16hs, depende da escola;

No primário, as aulas são de 45 minutos com intervalos de 10 minutos;

Duas vezes por mês são ministradas aulas aos sábados;

A grade curricular possui matérias de estudos ambientais, música, arte, artesanato, conhecimentos domésticos, caligrafia japonesa (shodô), vida cotidiana, politica nacional, educação moral, além das já conhecidas, como matemática, estudos sociais e etc;

No mês de abril o ano letivo começa e termina em meados do mês de março seguinte;

No ensino são valorizados a higiene, pontualidade, cooperação, trabalho em grupo e respeito pelos mais velhos;

O ano letivo é divido entre três períodos, de abril a julho (Ishigaki), setembro a dezembro (Nigakki) e de janeiro a março (Sangakki);

Os randoseru (mochilas) foram padronizadas para todos os estudantes no século 19;

Créditos: reprodução

Um randoseru custa em média de 30 a 60 mil ienes, mas os preços variam bastante, elas são confeccionadas para serem resistentes, pesam em média 1,2 kilos e representam a disciplina, trabalho duro e dedicação, muitos alunos chegam a guardar suas mochilas depois de terminar os estudos, pois representam todos estes valores;

Desde cedo os alunos aprendem a se proteger de terremotos e tsunamis, com treinamentos periódicos, nas salas de aulas ficam disponíveis mantas, capacetes e outros itens de segurança;

Créditos: reprodução

O ano letivo tem início junto com o florescimento das sakuras (cerejeiras);

É muito comum os alunos frequentarem as aulas extracurriculares, ministradas depois do horário da escola, e muitos alunos frequentam por vontade própria. As matérias podem ser escolhidas pelos alunos e eles ficam felizes em aprender coisas novas;

O esporte é altamente incentivado, e as opções são diversas, como o kendô, natação, basebol, futebol, voleibol, judô, entre outros;

O jyugyou sankan é um dia em que os pais podem participar de algumas atividades dentro da escola, junto com seus filhos para saber como é a rotina dos estudantes;

O katei houmon é quando os professores podem visitar a casa dos alunos e observar a convivência da família e identificar possíveis problemas;

Sasumata são as aulas de defesa pessoais ensinadas nas escolas elementares;

Créditos: reprodução

O sasumata é o nome de uma arma antiga japonesa, de cabo longo e ponta arqueada para poder afastar um possível perigo, elas ficam penduradas nas paredes;

Os alunos são proibidos de usar qualquer tipo de maquiagem e acessórios;

O vídeo abaixo mostra o horário do lanche em uma escola em Saitama:

Não é impressionante e lindo de ver? Não deixe de comentar e nos contar o que acharam, até a próxima!

Comentários

Share via