Folclore japonês: Conheça o Tengu

Quem nunca viu uma máscara de tengu em lojas especializadas em cultura oriental? De coloração avermelhada e um longo nariz, está enraizado na cultura japonesa.

Créditos: reprodução

Vamos conhecer um pouco de sua história e seu surgimento. Primeiro, existiam dois tipos de tengu:

Daitengu

Créditos: reprodução

Semi-humano suas características físicas são o nariz e orelhas longas, viviam nas montanhas e alguns de seus poderes incluem controle das forças da natureza, manejo de espadas e capacidade de voar.

Frequentemente raptava pessoas e as atormentava, mas também ensinava suas mágicas ou dava seus poderes. Muitos humanos iam atrás dos daitengus atrás de suas habilidades. É conhecido por causar desastres naturais e guerras, com sua natureza orgulhosa causava caos.

Kotengu

Créditos: reprodução

O outro tipo é conhecido como kotengu ou karasutengu, karasu significa corvo, ele é relacionado com as aves de oração. Enquanto o daitengu causava problemas a sociedade humana, o kotengu levava outros tipos de problemas, em algumas histórias ele devorava pessoas.

Dizem que ele é a representação antiga dos daitengus e sua aparência foi evoluindo com o nariz e orelhas longas. Primeiro era representado nas histórias como aves, depois humanos com cabeça de ave e depois pelas longas orelhas e nariz.

Leia também:

Lendas e histórias

Nos séculos 9 e 10, eles são vistos como demônios da montanha trapaceiros, fazendo coisas relacionadas aos yokais, enganado as pessoas a entrarem nas montanhas com música, jogando pedras na casas e amendrontando em forma de fantasma.

Alguns tengus possuíam pessoas e elas começavam a ter habilidades que não tinham, como escrever kanjis. Geralmente, tudo o que acontecia de misterioso ou inexplicável era atribuído a eles.

Em uma história do folclore japonês, um budha apareceu em uma árvore, rodeado de flores em dia com chuva e luminosidade. Um homem sábio desconfiou, sentou e o encarou por uma hora, o poder do tengu enfraqueceu, transformando seus poderes em centelha, caindo com as asas quebradas.

Nos séculos 11 e 12, muitas lendas do tengu apareceram e constantemente apareciam para os monges em forma de Budha para enganá-los, muitos eram desviados de seus caminhos de iluminação, ou eram atraídos para ter os poderes dos tengus.

Em uma lenda, um monge curou um imperador doente, com seus poderes adquiridos do tengu em busca de reconhecimento. O monge logo caiu em amargura e profundo arrependimento, pois ao adquirir os poderes, ele não poderia mais seguir o caminho da iluminação. No século 12, muitos diziam que os maus monges encarariam o demônio após a morte.

Ao longo dos tempos, o tengu foi associado a ataques a pessoas comuns também, causando cegueira ao tapar os olhos das pessoas com suas asas, raptando crianças e jogando pessoas do céu. Mas existem relatos de tengus bondosos também, atuando como protetores das florestas que se enfureciam apenas quando cortavam árvores ou destruíam a natureza.

Esses são apenas alguns relatos e histórias, no Japão existem muitos festivais para os tengus e ele está enraizado na cultura japonesa e na cultura pop também, muitos animes, mangas e novelas são baseadas no tengu. Até a próxima!

Comentários

Share via