Maneiras e costumes japoneses

O Japão é conhecido por ser muito educado e existem diversas regrinhas para usar, seja ao chamar alguém, tirar fotos ou até mesmo ir ao banheiro.

O que pode ser estranho no Brasil, no Japão são regras essenciais de uma boa educação. A seguir, uma pequena lista com pequenos compilados e algumas regras curiosas.

Comendo direto da panela ou dos pratos servidos na mesa

É muito comum no Brasil beliscar alguns alimentos, no Japão é falta de educação. Antes de comer qualquer alimento é preciso colocá-lo em seu prato antes.

Servir sua própria bebida nas confraternizações ou jantares

Se você foi convidado para jantar ou confraternizar, pode parecer rude servir seu próprio copo. Alguém deve servi-lo e para retribuir, fazer o mesmo com alguém.

Atenção nos chinelos de banheiro e de jardim

No Japão é muito comum ter chinelos específicos para ir ao banheiro, usá-los em outros ambientes pode ser embaraçoso. O mesmo acontece em casas com áreas verdes, existem chinelos específicos para usar no jardim.

Separe o lixo

Desde pequenos os japoneses aprendem a separar, lavar e descartar o lixo de maneira correta. Por isso, preste atenção nas placas e descarte seu lixo corretamente.

Não brinque com seus hashis

Eles servem para comer e nada mais, brincar ou até mesmo usá-los para apontar são considerados maneiras rudes.

Não aponte com o dedo

Apontar o dedo é considerado um gesto de provocação ou intimidação. Para indicar caminhos, use a mão inteira e os dedos juntos.

Entrar na banheira sem tomar uma ducha

No Japão, é muito comum passar alguns minutos em um ofuro, antes de entrar deve-se tomar um banho, entrar sujo é falta de educação.

Usar o oshibori para limpar o rosto

Alguns restaurantes japoneses oferecem uma pequena toalha, conhecida como oshibori e ela pode ser oferecida quente ou fria, dependendo da estação. Elas são usadas para limpar as mãos antes das refeições. O oshibori não deve ser usado para limpar o rosto ou ser usado como guardanapo nas refeições.

Andar e comer

A prática é considerada desleixo.

Assoar o nariz em público

É indicado ir ao banheiro para assoar o nariz.

Abrir e fechar a porta do taxi

Muitos taxis possuem portas automáticas, o motorista abre e fecha a porta e pode parecer falta de educação tomar a ação antes do taxista.

Andar e fumar

Andar e fumar é considerado perigoso e ilegal em algumas áreas.

Maneira correta de mergulhar o sushi no shoyu

Muita gente possui o costume de molhar a parte de baixo do sushi no shoyu, no Japão pode parecer nojento, pois o arroz pode soltar no shoyu. O correto é mergulhar levemente a parte do peixe.

Dar gorjetas

Dar gorjetas pode parecer desrespeitoso, e insistir, mais.

Guarda-chuva molhado na sacola

Andar com o guarda-chuva fechado e molhado pode parecer falta de educação, muitos estabelecimentos oferecem saquinhos específicos para armazenar o item.

Lamber o hashi

Não se deve lamber o hashi, tentar limpá-lo com a língua pode parecer rude.

Não cruze o hashi

Cruzar o hashi em seu prato pode remeter a um funeral.

Peça autorização para tirar fotos

É um ato muito simples no Brasil, mas em certos lugares do Japão é preciso pedir autorização para tirar fotos.

Para chamar alguém

No Japão, o sobrenome deve vir a frente do primeiro nome. Uma pessoa que chama-se Ichiro Suzuki, será chamada Suzuki Ichiro. É muito comum chamar alguém pelo sobrenome, com exceção para família e amigos, e nesse caso, algumas adições de “títulos” podem ser acrescentados e são:

San

O San pode ser adicionado ao nome de familiares e conhecidos, pode ser usado na maioria das situações, mas deve ser evitado para ocasiões formais.

Sama

É a forma mais educada em chamar alguém, pode ser usada em cartas ou situações formais.

Kun

Informal e usada em sua maioria nas pessoas do sexo masculino.

Chan

Usada para chamar em sua maioria crianças, pessoas jovens ou familiares e amigos muito próximos.

Comentários

Share via