Autoridades japonesas avisam que os cidadãos terão apenas 10 minutos de aviso, se um ataque da Coreia do Norte acontecer

Os cidadãos japoneses foram informados, que se um ataque nuclear pela Coreia do Norte acontecer a população deverá receber um aviso prévio de 10 minutos.

O país demonstrou poder bélico para atacar o Japão e o governo já informa a população, o que fazer durante um possível ataque. As pessoas estão sendo avisadas para procurar abrigos subterrâneos e locais com construções fortes.

Testes nucleares em águas japonesas

Os testes nucleares da Coreia do Norte estão sendo feitos, apenas no mês de março 2016, foram três lançamentos em águas japonesas, apenas a 185 kilômetros da cidade de Akita, Japão.

Os testes foram justificados como prática para atingir bases militares americanas em solo japonês.

O prefeito de Osaka, Hirofumi Yoshimura, disse a um jornal, que após um ataque nuclear ser disparado, pode demorar a ser detectado. O teste feito pela Coreia do Norte no dia 07 de fevereiro, mostrou que o míssel demorou cerca de 10 minutos para atravessar Okinawa.

As preocupações sobre um possível ataque com gás sarin cresceu no Japão também, após o primeiro ministro Shinzo Abe ter dito ao parlamento no mês de abril, que a Coreia do Norte tem poder militar para tal.

O Japão possui em sua história grande pesar com o gás sarin, em 1995 membros de um culto lançaram o gás no metrô de Tóquio, matando 12 pessoas e deixando centenas de pessoas doentes.

Vendas de bunkers e filtros de ar crescem no Japão

As vendas de bunkers protetores e filtros de ar contra radiação no Japão cresceram, após as ameaças feitas pelo ditador coreano.

A empresa japonesa Oribe Seiki Seisakusho, de Kobe, vendeu 50 purificadores de ar eficientes contra radiação e gás venenoso. Para se ter uma ideia, um purificador para uma família de 6 pessoas, custa em torno de 620,000 iens e um para 13 pessoas, custa 1,7 milhões iens.

Outra empresa pequena, a Earth Shift de Shizuoka relatou aumento na procura da construção de bunkers, desde o mês de fevereiro. Os pedidos são de quase todas as áreas do Japão.

Um bunker para 13 pessoas custa em torno de 25 milhões de ienes e leva cerca de quatro meses para ficar pronto e segundo o dono da empresa Oribe Seiki, os bunkers são construídos para resistir até a classe de bomba nuclear que atingiu Hiroshima.

Fontes: CNN, Washington Post e Daily Mail

Comentários

Share via