Etiqueta: dicas de utilização dos cartões de visita no Japão

Os cartões de visita, ou meishi em japonês, são levados muito a sério no Japão, e a forma como você os utiliza podem transmitir uma forte mensagem sobre o profissional que você é.

Então, se você mora ou está indo para o Japão a trabalho ou negócios é importante que conheça as dicas a seguir, para causar uma boa impressão aos seus clientes, parceiros e colegas de trabalho.

A importância do meishi

Nas empresas do Japão, as reuniões internas costumam ser relativamente informais, porém, as reuniões com empresas externas quase sempre pedem apresentações mais formais.

Em um primeiro contato, o mais apropriado é levantar-se e caminhar até o representante sênior da outra empresa e apresentar-se.

Então, é só inclinar um pouco e dizer “Hajimemashite” (é o equivalente a “prazer em conhecê-lo”), oferecer seu cartão de visita, dizer o nome de sua empresa, seu cargo e seu nome. A pessoa responderá com a mesma saudação para você.

É importante que você observe o cartão e leia-o antes guardá-lo. Em seguida, entregue seu cartão para o próxima pessoa com cargo mais elevado do grupo que você está conhecendo.

Nunca distribua seu cartão casualmente ou deslize-o para alguém sobre a mesa, e quando alguém chega tarde, espere até o final da reunião para, em seguida, apresentar-se formalmente.

Segurando os cartões

Sempre entregue e receba os cartões com duas mãos, pois este é considerado um gesto de humildade pelos japoneses.

É bom também certificar-se se o seu cartão está sendo entregue com o lado da escrita em japonês voltado para cima, para que a pessoa que o está recebendo possa lê-lo.

Qualidade do cartão

Certifique-se se os seus cartões estão novos e conservados e nunca apresente um cartão danificado, dobrado ou amassado. Por isso, aconselha-se levar os cartões em um porta-cartões, ou casecomo são conhecidos.

Organize os cartões

Quando você se sentar à mesa de reuniões, após as apresentações, organize cuidadosamente os cartões que recebeu sobre a mesa à sua frente. Desta forma eles servirão como referência e ajudarão a você se lembrar dos nomes dos participantes da reunião.

Nunca brinque com os cartões, dobre ou escreva neles, e depois da reunião guarde-os cuidadosamente em seu porta-cartões, a meishi case. E ainda, nunca esqueça um cartão na sala de reuniões.

Guarde os cartões

Os meishi são distribuídos apenas nas primeiras apresentações. Portanto, nunca perca um meishi.

Os profissionais japoneses mantêm cartões de visita recebidos em pastas ou caixas apropriadas para este fim por muitos anos. Portanto, nunca descarte um cartão até que você tenha a certeza de que nunca mais encontrará a pessoa.

Modelos de cartão

Os cartões do tipo frente e verso, com textos em japonês e inglês em cada face, tornaram-se muito comuns no Japão. Agora, se você está trabalhando no Japão é essencial que tenha o texto em japonês no seu cartão de visita.

Se você está encontrando clientes japoneses no Japão, você deve se esforçar para providenciar cartões impressos em japonês.

Pequenos gestos que fazem a diferença

Alguns pequenos gestos podem ser muito apreciados pelos japoneses, um deles é entregar o seu cartão em uma altura um pouco menor do que a de sua contraparte quando eles possuem um status maior, como um cliente, por exemplo.

Ao descansar os cartões sobre a mesa, deixar o meishi da pessoa de classificação mais elevada no topo, ou guarde-o em primeiro lugar do seu porta-cartões.

É sempre bom ser adequado e agradável nas relações de trabalho e negócios, não é mesmo?

Comentários

Share via