Maior parada do orgulho LGBT do Japão reuniu número recorde de 6.000 participantes

A maior parada do orgulho LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros) do Japão foi realizada no último domingo (7), em Tokyo.  O evento recebeu cerca de 6.000 participantes, o maior número já registrado.

parada do orgulho LGBT
(Crédito: Twitter/@Tokyo_R_Pride)

Este desfile foi o principal evento da “Tokyo Rainbow Pride 2017“, que começou em 29 de abril e terminou em 7 de maio. A semana contou com eventos, palestras, workshops e festas de apoio à diversidade no Japão e em todo o mundo.

Tokyo Rainbow Pride eventos
(Crédito: city-cost)

Este evento ocorre anualmente, desde 2012, e tem como objetivo aumentar a consciência para questões LGBT. O tema deste ano foi “Mudança“, um apelo ao respeito à todos como indivíduos, independente da sexualidade. Dessa forma, milhares de pessoas desfilaram a fim de expressar a esperança de que o Japão adote ainda mais igualdade e diversidade de gênero.

parada LGBT
(Crédito: city-cost)

A partir do Yoyogi Park, a parada do orgulho LGBT traçou um curso de 3 kilômetros pelas ruas de Shibuya e Harajuku. Durante o desfile, os manifestantes cantavam juntos, exibiam cartazes e carregavam bandeiras com arco íris, que representa o símbolo do orgulho LGBT. Os banners carregavam slogans como “Nós nos casamos nos Estados Unidos. Por favor, aceite o casamento entre pessoas do mesmo sexo no Japão também” e “Vamos estudar a diversidade”.

(Crédito: city-cost)

No evento, 23 grupos e carros alegóricos foram destaque no desfile. Alguns carregavam mensagens sobre a legalização e aceitação do casamento de pessoas do mesmo sexo. Outros, pediam por um futuro onde as pessoas LGBT pudessem ser elas mesmas mais abertamente.

Este ano, o Tokyo Rainbow Pride foi patrocinado por um número recorde de 190 empresas e organizações, incluindo grandes nomes como Sony, Google, Yahoo e BuzzFeed. No site oficial do evento, os líderes do governo local deixaram mensagens congratulatórias, incluindo o prefeito de Shibuya, Ken Hasebe e o prefeito de Sapporo, Katsuhiro Akimoto.

 

Leia também:

Casamento entre pessoas do mesmo sexo

Em abril de 2015, o bairro de Shibuya em Tokyo tornou-se o primeiro local do país a aceitar as parcerias do mesmo sexo, autorizando a entrega de certificados que reconhecem a união civil de casais homossexuais. Desde então, várias outras cidades como Sapporo, Naha e Iga estabeleceram programas semelhantes.

Futuro da comunidade LGBT

De acordo com os organizadores do evento, a principal mensagem a ser difundida através de eventos como o Tokyo Rainbow Pride é compartilhar com o mundo a visão de uma sociedade em que, independente da orientação sexual, uma pessoa possa ter orgulho de quem ela é, bem como ter a liberdade e a capacidade de desfrutar da vida que escolhem levar.

Talvez, alguns pensem que 6.000 participantes seja um número pequeno, se comparado com eventos similares em outros países. Possivelmente, alguns concordem que a comunidade LGBT ainda tenha um longo caminho à frente em seus esforços para diversificar o Japão. Mas, o desfile deste ano é um indício de que a situação já esteja mudando aos poucos.

 

Fonte: Japan Times, Asahi, Mainichi e JIJI.COM
Imagem destacada: tokyorainbowpride

Comentários

Share via