O primeiro-ministro japonês Shinzo Abe tem várias ideias de como aquecer a economia do país. Para isso, ele está lançando este ano um projeto pela Quarta Revolução Industrial.

Conheça mais detalhes dos documentos deste projeto, que foram revelados por fontes oficiais do governo do Japão.

Leia também:

Quarta Revolução Industrial

O projeto de Shinzo Abe tem dois focos principais:

  • O primeiro, é o de permitir que a partir de 2.020 ocorra em todo o Japão entregas de encomendas via drones.
  • O segundo, se refere ao uso de caminhões autômatos para o transporte de cargas, a partir de 2.022.

O interessante é que o projeto com os drones ocorre a partir de 2020, no entanto, nas áreas montanhosas já começará a operar em 2.018.

Este projeto torna o Japão o primeiro país a fazer estes tipos de entrega no mundo.

Vida nova ao setor corporativo

Estas medidas do premier Shinzo Abe pretendem dar vida nova ao setor corporativo do Japão.

Junto delas, o governo também planeja incentivar mais o uso de inteligência artificial para diagnósticos médicos.

Fontes oficiais do governo informaram que:

“As prioridades estão melhorando a expectativa de vida, revolucionando o transporte, modernizando as cadeias de suprimentos, melhorando a infraestrutura e usando tecnologia financeira”.

O governo planeja ainda, atenuar temporariamente os regulamentos para algumas empresas, usando o que é conhecido como um pacote de proteção regulatória.

Esta é uma forma de permitir que as empresas testem novas tecnologias imediatamente, sem o ônus normalmente imposto pela regulamentação.

Urgências

A mudança para drones e veículos autônomos é urgente para o Japão, porque sua força de trabalho encolheu dramaticamente, o suficiente para forçar as empresas a começarem a reduzir as operações.

Em abril, o maior expedidor de encomendas do Japão, a Yamato Holdings Co, que lida com a entrega de um em cada dois pacotes no país, surpreendeu os consumidores.

Isso por que a empresa informou que reduziria os volumes de entrega e elevaria os preços, pois não tinha trabalhadores suficientes.

O Japão também está olhando a tecnologia financeira como uma fonte de crescimento futuro.

Até agora, esta tecnologia ficou limitada às empresas estrangeiras que a adotaram como forma de transformar os processos de pagamentos, empréstimos, gerenciamento de ativos e bancos de investimentos.

Social

Um documento separado, obtido pela imprensa, mostra outras estratégias de crescimento anual do governo, que manterão as políticas do primeiro-ministro Shinzo Abe.

Este documento, apresentado no ano passado, planeja reduzir a diferença de riquezas, melhorar as condições de trabalho e aumentar a produtividade.

Dados oficiais demonstraram também que governo estudará um plano de educação gratuita para algumas famílias de baixa renda até o final deste ano.

Defesa

Em um passo raro, o documento de estratégia, que não costuma tocar na defesa, exigiu uma defesa militar efetiva no contexto do programa de mísseis da Coreia do Norte, de acordo com a aliança militar do Japão com os Estados Unidos.

A Coreia do Norte tem testado mísseis em um ritmo sem precedentes para desenvolver sua tecnologia de mísseis balísticos.

Portanto, muitos políticos japoneses se preocupam, já que o Japão e os militares dos EUA no país são alvos potenciais.

Já conheciam os projetos para implementar a Quarta Revolução Industrial do primeiro-ministro Shinzo Abe?

Fontes: Reuters / Oia News / Globo.com

Curta nossa página no Facebook
(Não aperte o botão se você já curtiu)

Comentários

comentários