Uma cerimônia, como a de um casamento, exige uma certa dose de cortesia e etiqueta. Mas, a cortesia e a etiqueta podem variar bastante de um país para outro.

No Japão, também existem algumas pequenas regras de etiqueta, claro, e algumas delas podem até parecerem um pouco estranhas para você.

Conheça 3 pequenos erros que devem ser evitados ao ser convidado para uma cerimônia ou festa de casamento japonês!

1. Evite usar roupas brancas

Talvez, para muitas pessoas, isso faça sentido. Pois em muitas festas de casamento de diferentes culturas, o noivo e a noiva usam um terno branco e um vestido branco.

Portanto, se você usar roupas brancas, roubará uma parte da atenção que deve ser dada às pessoas principais da ocasião.

Da mesma forma, se a festa for ao estilo tradicional japonês, onde o noivo e a noiva usam quimonos ou algo assim, você deve evitá-lo. Ou pelo menos, certifique-se de que sua aparência está menos chamativa do que a dos noivos.

2. Evite dizer qualquer coisa associada à “separação”, “divisão” ou algo do tipo

Na festa de casamento japonesa, usar palavras como “dividir” ou “separar”, já é uma gafe e um tabu.

Portanto, muitas pessoas japonesas evitam mencionar qualquer coisa associada à “separação” ou “divisão”.

Você deve ficar atento (a) ao que fala, para que não diga algo como “Ok, vamos dividir a conta da festa depois!”, por exemplo!

No entanto, se você for discreto (a) o suficiente para selecionar qual palavra usar, todos irão ter alta estima por você, por sua extrema atenção.

3. Use o números ímpares ou primos!

Nas festas de casamento do Japão, muitas pessoas levam algum dinheiro para ser dado aos noivos, como celebração.

E algumas pessoas evitam levar apenas uma cédula. Sim, porque o número par pode ser facilmente “dividido” por 2!

Portanto, eles preferem dar 20.001 ienes, em vez de 20.000 ienes, por exemplo.

Algumas pessoas mais rigorosas dirão: “NÃO! 20.001 podem ser dividido em 3 em 6.677”, e essas pessoas irão utilizar o número primo para dar o dinheiro. Pois não pode ser dividido, exceto por 1 e por ele mesmo.

Esta matemática toda pode parecer coisa de louco. Mas, se o casal também ama matemática, você pode se esforçar e dizer: “Ei, parabéns! Eu presenteei vocês com 23.297 ienes, que é um número primo! Viva!”.

Gostaram de conhecer um pouco mais sobre os costumes japoneses durante as festas de casamento?

Fonte: Wasa-bi

Curta nossa página no Facebook
(Não aperte o botão se você já curtiu)

Comentários

comentários