Síndrome do Sazae San: a versão japonesa da síndrome do domingo à noite

Sazae San é um anime japonês muito popular, que geralmente é exibido na noite de domingo.

Sazae San é uma comédia familiar muito antiga. Mas por que este anime faz o espectador ficar deprimido? Aqui está a resposta!

Leia também:

Sazae San

Sazae-san é um uma série de mangá e anime criada por Machiko Hasegawa. Foi publicado pela primeira vez no jornal local da Hasegawa, o Fukunichi Shinbun (フクニチ新聞 ), em 22 de Abril de 1946.

O anime é exibido desde 1969 e continua até hoje, contando com, aproximadamente, mais de 7330 episódios e por isso detém o Recorde Mundial do Guinness. Ele é exibido aos domingos das 6:30 às 7 horas.

A heroína é Sazae San, uma mulher liberada, esposa e dona de casa japonesa muito encantadora. O anime é uma comédia familiar que interpreta e traduz vários tipos de pessoas da família e sociedade japonesa.

Mostra, essencialmente, uma família tradicional japonesa. Por exemplo, a mãe e o pai usam quimono e as crianças sentam-se da maneira correta.

Além disso, a maioria das crianças japonesas cresceram com esse anime e quase todos os japoneses o conhecem.

Por que Sazae San está relacionado à síndrome do domingo à noite?

Agora, algumas pessoas podem estar se perguntando o que o Sazae San tem a ver com a síndrome do domingo à noite?

Para aqueles que amam os finais de semana (quase todo mundo) é um pouco deprimente perceber que o domingo chegou ao fim.

E a constatação de que este anime está sendo exibido é também a certeza de que a diversão acabou, o que pode ser bastante deprimente.

Quando a música final começa a indicar o fim do episódio, as pessoas começam a entristecer e suspirar “O domingo acabou!”.

Sim, o anime em si não tem nada de errado, mas Sazae San pode ser um indicativo para que todos saibam “O tempo de diversões acabou. Agora volte ao trabalho (ou escola) amanhã”.

Como os japoneses se previnem contra a síndrome?

Existem muitas vítimas da armadilha da síndrome do Sazae San que descobriram como se livrar dela e não ficarem deprimidos(as).

Elas raramente assistem ao anime. Além disso, procuram outra coisa para fazer, e de certa forma negar o fato de que o domingo acabou.

Mas é claro que o Sazae San ainda tem um público enorme e fiel, que gosta muito de acompanhar o que a família tradicional japonesa tem se tornado.

Isso leva aos espectadores alguns sentimentos nostálgicos, já que a família japonesa está mudando para um estilo de vida novo e diferente.

Assista ao episódio número um, legendado, do Canal do Carlos Silva, no YouTube:

Você já conheciam esta síndrome e este anime?

Fontes: Wasa-bi/Wikipédia

Share via