Os fãs japoneses foram os primeiros a notar. Mas, o que dizia o código exótico em verde neon que desliza pela tela preta nos créditos do filme The Matrix?

Finalmente a chuva digital de Matrix foi decifrada! Continue lendo!

Leia também:

Chuva digital de Matrix

O filme de ficção científica de 1999 exibia em seus créditos uma icônica chuva de códigos digitais. Esta abertura ficou vulgarmente conhecida como “chuva digital do filme Matrix”.

Porém, poucas pessoas, com exceção do público japonês, perceberam que as imagens espelhadas incluíam caracteres katakana.

O filme ciberpunk de 1995 “Ghost in the Shell”, teve uma forte influência no filme The Matrix. Em seus créditos de abertura é possível perceber a semelhança com a chuva digital de Matrix.

No entanto, além dessa semelhança, sempre acreditou-se que este código não tinha um significado particular. Portanto, não foi decifrado utilizando o idioma japonês… isso, até o momento atual.

Revelado o significado da chuva digital de Matrix

Em uma entrevista recente à CNET, Simon Whiteley, o criador britânico do código da abertura The Matrix, revelou o que muitos queriam saber.

Simon, que agora trabalha no estúdio Animal Logic, revelou que o código foi baseado em um texto real, em japonês atual. Ele declarou:

“Eu gosto de dizer a todos que o código da Matrix é feito com receitas japonesas de sushi (…) Sem esse código, não há Matrix”.

Uau

Na verdade, a esposa de Whiteley é japonesa. Então, ele digitalizou o texto japonês de um de seus livros de receitas de sushi. Assim, ele iniciou o processo de criação do código.

Ele não revelou exatamente como converteu o texto no código exibido na tela. Mas agora, talvez os fãs de Matrix, que estavam com dificuldades em descobrir o significado, têm indícios suficientes para decifrá-lo.

O que resta saber é a quantidade de peixe que precisa ser analisada nos códigos, antes que o molho seja revelado…

Parece piada, não é mesmo?

Curta nossa página no Facebook
(Não aperte o botão se você já curtiu)

Comentários

comentários