Yaeyama: conheça o paraíso escondido de Okinawa

Já ouviu falar em Yaeyama? Entre as mais de seis mil ilhas do Japão, Yaeyama merece destaque especial por ser um paraíso de beleza quase indescritível.

Yeyama

É perfeito para qualquer ocasião: lua de mel, viagem com os amigos, férias. Além da beleza natural e a harmonia das construções típicas de Okinawa, a culinária de lá promete ser fantástica.

A paisagem subtropical com praias de areias brancas, corais e recifes coloridos e florestas proporcionam a sensação de ter entrado no Jardim do Éden.

Composta por mais de 10 ilhas, Yaeyama é um tesouro escondido e preservado no extremo sul de Okinawa, hoje, elas possuem fácil acesso e não são tão movimentadas em feriados e temporadas.

Leia também:

Haisai! Conheça 6 expressões do dialeto de Okinawa

Ishigaki

Ishigaki

É a ilha principal de Yaeyama e procurar no mapa do google não é tarefa fácil, a pequena ilha é mais próxima de Taiwan, mas faz parte do território japonês.

Mapa Ishigaki

Para acessá-la existe uma conexão entre Okinawa e o aeroporto de Ishigaki, a viagem dura cerca de uma hora. Chegando lá, fica mais fácil de acessar as outras dez, mas iremos falar de apenas quatro.

A partir de Ishigaki é possível acessar 4 ilhas famosas do arquipélago: Kohama, Kuro, Yonaguni e Hateruma.

Kohama, Kuro e Hateruma

Para chegar em Kohama e Kuro, cada viagem dura cerca de 25 minutos de barco saindo da ilha de Ishigaki. O acesso a Hateruma também é feito de barco e leva cerca de uma hora.

Yonaguni

Yonaguni

O trajeto para a ilha de Yonaguni pode ser feito de avião pelos aeroportos de Ishigaki com duração de 30 minutos ou uma viagem de 90 minutos pelo aeroporto de Naha. É possível também ir de balsa a partir de Ishigaki em uma viagem de quatro horas e meia.

Paraíso no Japão

Hateruma

A ilha de Ishigaki é a que oferece a melhor infraestrutura aos visitantes, além das praias, há restaurantes, bares, resorts e lojas. Porém, cada uma das ilhas oferece infraestrutura para passeios e são habitadas.

Yaeyama

Muitos turistas ficam hospedados em Ishigaki e aproveitam para visitar as ilhas adjacentes. Dá para mergulhar em águas cristalinas, observar a diversidade de corais do mar, além de ter rios para prática de caiaque, montanhas para escalar e trilhas para percorrer. O céu limpo noturno oferece uma visão de até 86 constelações.

Melhor época para visitar

O melhor momento para visitar o arquipélago é de novembro a abril, período em que a temperatura se mantém agradável para os passeios ao ar livre.

Os períodos de junho a outubro devem ser evitados, nessa época as praias ficam lotadas de água viva: a Box Jellyfish. Na Austrália, essas águas vivas são responsáveis por mais mortes do que tubarões.

Confira as principais ilhas habitadas do arquipélago:

  • Ishigaki;
  • Taketomi;
  • Aragusuku;
  • Hateruma;
  • Iriomote;
  • Kayama;
  • Kohama;
  • Kuroshima;
  • Sotobanari;
  • Yubu;
  • Hatoma;
  • Yonaguni;

Comentários

Share via