Bambus ícones de Kyoto sofrem depredação de turistas no Japão

Mais de 100 árvores de bambus, ícones de Kyoto sofreram danos em um local conhecido pelos turistas no Japão. Descobriu-se que as árvores estavam com inscrições feitas por objetos cortantes.

bambus caminho Arashiyama
Créditos: Strait Times

Vandalismo

São datas, nomes e outras mensagens sem importância em diferentes línguas. Tem escritos em inglês, chinês e coreano. O conteúdo é banal, como por exemplo, uma frase em chinês. O/A visitante entalhou no bambu que tinha sido um longo caminho até chegar até aquele local.

O governo de Kyoto desconfia que a maioria dos estragos foram feitos por turistas estrangeiros e a partir de agora irão orientar as pessoas a não depredarem os bambus do caminho.

O local é de propriedade do governo de Kyoto e foi construído como parte de uma ação para conservação histórica de locais específicos, bem irônico, não?!

O ato é visto como vandalismo e se intensificou em fevereiro de 2018 e os danos podem ter sido causados no mês de abril.

Leia também

Turistas podem (finalmente) fazer reservas em Shinkansen do exterior com aplicativo

Shotengai: 5 ruas comerciais de Tóquio muito populares entre os turistas

A empresa responsável pela manutenção do parque colocou placas de advertência em três línguas diferentes para evitar que as pessoas cometam esse tipo de ato.

Danos irreparáveis

Segundo as autoridades, se os bambus estiverem muito danificados, as árvores vizinhas que são conectadas através da raiz poderão apodrecer e terão que ser arracadas.

Conscientização

Apesar da situação ser revoltante, eles apenas querem criar conscientização para que isso não aconteça mais por lá.

Com a aproximação das Olimpíadas de Tokyo 2020, o Japão tem um longo caminho pela frente para criar conscientização.. Infelizmente, casos parecidos acontecem noa país causados por turistas no Japão que não sabem se comportar.

O parque de Nara teve que colocar placas educando os estrangeiros que vão ao local para tentar tirar selfies com os cervos que moram por lá.

Casos de turistas sendo mordidos por cervos no parque de Nara aumentam

As pessoas estavam comprando petiscos próprios para os animais para que eles ficassem parados e poder tirar uma foto. Irritados e “cientes” do truque, os cervos passaram a morder turistas espertinhos.

Comentários

Share via