País já enfrenta problemas com o aumento do turismo no Japão

O Japão está se preparado para receber cada vez mais turistas, visto que as Olimpíadas Tokyo 2020 se aproximam. Aliás, já houve aumento em 2017, com 29,69 milhões de visitantes. Esse número cresce a seis anos consecutivos.

Por isso, o incentivo ao turismo no Japão acontece e melhorias em questões infraestruturais no país. Por exemplo, a instalação de mais banheiros no estilo ocidental. Placas em diferentes línguas em metrôs, trens e vias de acesso.

Problemas

Porém, com isso o país sofre também com outros problemas com o aumento de turistas. O principal e mais debatido é a chamada poluição oriunda do turismo.

Moradores de bairros pacatos reclamam da movimentação e a quebra de suas rotinas, com aumento do trânsito e aglomerações.

Soluções

Por isso, a revisão do Minpaku, lei do inquilinato que regulamenta quem hospeda pessoas através de aplicativos de hospedagem, como o Airbnb mudou recentemente.

Lei muda e Airbnb é obrigada a cancelar reservas

Os motivos para mudar a lei, foram as constantes reclamações de vizinhos com a movimentação de turistas em prédios residenciais e áreas com escolas.

Atualmente, as locações são controladas, bairros foram excluídos das listas e um caráter mais rigoroso paira sob estes contratos.

Já existem províncias, que seus residentes não podem mais fazer esse tipo de locação em épocas disputadas e que atraem mais visitantes, a exemplo de Kyoto.

Ao mesmo tempo, outros esforços já são aplicados no Monte Fuji, por exemplo. As províncias de Yamanashi e Shizuoka estão aconselhando as pessoas a evitar multidões e preferir os dias de semana.

O Central Japan Railway Co, estava estimulando através de peças promocionais, as árvores com folhas verdes do começo do verão. Já que essa época do ano é uma das menos visitadas, para competir com o florescimento das sakuras.

A superlotação pode ser vista em Kyoto, quando os ônibus ficam lotados e passageiros não conseguem embarcar. Além do trânsito atípico atrapalhar a movimentação de ambulâncias.

Em Kamamura o problema do trânsito é considerado grave aos finais de semana. As próximas medidas serão colocar sistemas inteligentes para cobrar um fee para turistas que entrarem na cidade.

Além disso, uma Inteligência Artificial que poderá analisar os pontos mais críticos e aliviar os congestinamentos está nos planos dos japoneses.

Gostou do artigo? Inscreva-se em nossa Newsletter.

Fontes: Jornal Inquirer e Estatísticas de Turismo do JNTO.

Share via