Cientistas japoneses planejam chegar até o manto do Planeta

Você já parou para pensar o quê existe no centro da terra? Tudo o que sabemos, são explicações científicas baseadas em análise de amostras retiradas.

Nunca nenhum país  conseguiu chegar até o manto da terra, a ultima parte mais próxima ao centro. Pois bem, os cientistas japoneses já estão a um passo a frente.

Chikyu

O JAMSTEC, a agência nacional de ciência e tecnologia do mar e terra batizou a super navio perfurador de Chikyu. Entre os planos estava fazer um teste nas águas do Hawaii, Costa Rica e México com o equipamento.

chikyu Jamstec

Chikyu precisará ultrapassar mais de quatro km de água e mais de cinco km de crosta até chegar ao manto, que equivale a 84% da massa de volume do Planeta Terra, com 10 km abaixo do oceano.

O manto é o responsável pela atividade dos vulcões, assim como o movimento das placas tectônicas que causam terremotos.

O governo japonês está financiando parcialmente o projeto e tem esperanças que os experimentos conduzam melhoras formas em prever desastres naturais.

Os cientistas também querem investigar os limites entre a crosta do oceano e o manto para descobrir como eles se formam.

Leia também

Cientistas descobrem indícios de um túnel que liga dois vulcões no Japão

Cientistas japoneses identificam e isolam a fonte do cobiçado “cheiro jovem”

Comida do futuro: Japão já está pensando em como contornar problemas

Além disso, eles querem coletar e analisar a vida microbial que existe apenas nas profundezas da terra. O prazo para começar a perfurar será em 2030, pois, atualmente, estão focados em achar a perfeita localização e arrecadar os outros U$ 542 milhões para continuar financiando os projetos ousados.

Segundo o primeiro ministro japonês Shinzo Abe, o Chikyu é um dos equipamentos de perfuração mais eficientes e avançados que existe. Três vezes mais potente e pode ir bem mais longe que os antecessores de outros países.

Fontes: CNN.

Share via