Conheça 5 vulcões no Japão

Existem um pouco mais de 110 vulcões no Japão que são ativos. Alguns são extremamente perigosos, mas atualmente parecem montanhas pacíficas.

Eles proporcionam uma natureza magnífica em seu entorno com fontes de água termal disponíveis em ryokans e onsens. Por isso, conheça cinco vulcões belos do Japão.

1. Mt. Mihara

O vulcão do Mt. Mihara fica no centro da ilha Izu Oshima e tem 758 metros de altura. A última erupção aconteceu em 1986 e as lavas chegaram até 1,6 km de altura.

O vulcão também é um ponto que ficou conhecido por atrair suicidas e por isso a ida de um dia é proibido e existem seguranças que fazem uma patrulha pela região.

2. Sakurajima

O vulcão de 1117 metros de altura é considerado um dos mais perigosos do Japão. Localizado em Kagoshima tem atividade pequena diária, que pode render uma visão única.

3. Mt. Zao

O Mt. Zao tem 1841 metros de altura e fica localizado entre Yamagata e Miyagi. Apesar de ser considerado ativo, a última erupção foi em 1940.

Esse vulcão tem fontes de águas termais e durante o verão o clima fica propício para uma caminhada ou escalada.

4. Mt. Asama

O vulcão fica em Honshu e tem impressionantes 2668 metros de altura. A última vez que o Mt. Asama entrou em erupção foi em 2015, mas em proporções pequenas.

Leia também

10 curiosidades sobre o Monte Fuji

Já pensou em escalar o Monte Fuji? Esta escalada é uma conquista para os japoneses

Um guia sobre onsens, ryokans e sentos no Japão

5. Mt. Unzen

Na ilha de Kyushu, Nagasaki, o Mt. Unzen tem mais de seis milhões de anos e já foi ativo, mas encontra-se dormente.

Na verdade, ele representa um grupo de vulcões e tem 1,359 metros do topo. O Mt. Unzen entrou em erupção pela última vez na década de 90 causando destruição pelo caminho.

Na primavera, o vulcão fica rodeado de azaléias rosas e atrai muitos turistas no Japão, mas o pico é entre os meses de outono a novembro.

Gostou do artigo? Inscreva-se em nossa newsletter.

Comentários

Share via