7 curiosidades sobre o matcha muito legais

O matcha faz parte do ritual de chá, além de ser consumido tradicionalmente pelos japoneses. Por isso, conheça algumas curiosidades desse chá milagroso.

1. Foi criado por acidente

O matcha foi levado ao Japão no século 12 da China. Naquele tempo, a preparação era mais simples preparando queimando e pulverizando as folhas.

Com a invenção do oishita, a cultivação e os métodos mudaram e refinaram o sabor e a coloração do matcha.

Essa descoberta ocorreu durante um inverno rigoroso quando os fazendeiros do matcha decidiram cobrir e proteger as folhas com trigo e lascas de madeira.

Eles perceberam que fazer isso compensava a falta dos raios do sol produzindo mais clorofila ajudando a planta a fazer fotossíntese, além de realçar o sabor por causa do aminoácidos.

2. O único do mundo

A forma como o matcha é preparado em forma de pó e por suspensão é único no mundo. O pó não é dissolvido totalmente. Por isso, ele fica suspenso na água morna e deve ser consumido imediatamente após o preparo assim que o matcha se cocentrar no fundo da xícara.

3. Líquido medidativo

O chá é conhecido por ser calmante e estimulante, por isso, é usado na meditação Zen no Japão.

Apesar de ter cafeína em sua composição, o matcha pode oferecer uma calmaria eufórica, uma sensação de alerta mental e profundo relaxamento.

Por causa disso, ele é conhecido como líquido meditativo e é usado para ajudar na concentração dos monges budistas em longas práticas. Além disso, muitas pessoas usam o matcha antes da prática do yoga também.

4. Os samurais bebiam antes das batalhas

Os samurais aprenderam o poder do matcha do monges budistas Zen no século 13. Eles aprenderam que beber o chá podia ajudá-los a se preparar fisicamente e mentalmente para as batalhas.

Ao longo dos séculos, o ritual dos samurais ficou conhecido como a cerimônia do chá.

5. Elixir dos imortais

O matcha também tem muitas propriedades benéficas para a saúde. Ele tem polifenóis e antioxidantes que ajudam a proteger contra o câncer, doenças cardiovasculares, reduz o colesterol ruim e a pressão sanguínea.

Além disso, o matcha ajuda a emagrecer, já que ajuda a acelerar o metabolismo. O matcha contém 137 vezes mais o nível de antioxidantes em comparação com o chá verde, além de ser 100% natural.

6. O sabor Umami

O matcha de mais alto nível possui o sabor umami, considerado o misterioso quinto sabor. Uma mistura de doce, azedo, amargo e salgado.

Leia também

Coloque matcha na sua granola e deixe o café da manhã mais saudável

Aprenda a fazer três receitas de doces japoneses (panqueca, cheesecake e bolo matcha)

Deliciosos doces de matcha que você pode encontrar no Japão!

7. Temperatura e suavidade da água afetam o sabor

Os três elementos principais que constituem o sabor do matcha são theanine, catechin e caféina.

O primeiro confere gosto doce, o segundo a astringência e o último amargo. Como eles são extraídos a diferentes temperaturas, o sabor pode ser calibrado ajustando a temperatura da água.

Por exemplo, theanine é extraído a baixas e altas temperaturas. Já o catechin a 75 graus Celsius e a cafeína a elevadas temperaturas.

Portanto, se você prefere o chá mais macio e amadurecido, a água deve ficar a menos de 65 graus.

Já as águas que contém menos minerais são mais recomedadas para não estragar os delicados sabores do matcha.

Se for usar água da torneira, o recomendado é retirar o cloro fervendo a água no mínimo por três minutos e deixar esfriar até 70 graus para preparar o chá.

Não deixe de se inscrever em nossa newsletter ou receba os conteúdos pelo messenger.

Comentários

Share via