40 anos do Walkman: o aparelho portátil japonês que revolucionou o mundo

Quem nasceu na década de 80 lembra da evolução dos aparelhos portáteis. Tudo começou há 40 anos com o lançamento do Walkman da Sony.

Anúncio dos anos 80 do Walkman da Sony

Todas as tecnologias posteriores, como diskman, MP3 e iPod são consequências dessa revolução tecnológica.

Lançado em 1° de julho de 1979, o Walkman foi uma febre mundial, principalmente, entre a classe trabalhadora durante a década de 80.

Fitas K7

Fitas K7 da Sony

As fitas K7 possibilitaram que as pessoas criassem suas próprias mixtapes com um aparelho de rádio tradicional.

Aparelho de rádio da Sony

Naquele tempo, as coisas não eram tão fáceis como acontece nos dias atuais. Era preciso muita paciência para que a programação da rádio tocasse a música preferida de alguém.

Pressman – o pai do Walkman

Antes do Walkman, a Sony desenvolveu o Pressman. Um aparelho voltado para os profissionais da imprensa e comunicação. Era um produto praticamente restrito aos jornalistas.

Porém, em 1979, o então presidente da Sony, Ibuka Masru, pediu algumas alterações no Pressman para que ele pudesse ouvir música enquanto realizava viagens de negócio.

Quatro meses depois surgiu o primeiro Sony Walkman do mundo. O pedido se tornou em uma possibilidade de mercado promissora.

Walkman

Aparelhos Walkman

O Walkman foi desenvolvido por uma equipe de jovens engenheiros da Sony liderada por Kuroki Yasuo (autor do livro Uōkuman-ryū kikakujutsu).

Ōsone Kōzō, um engenheiro envolvido no processo relatou que o Walkman foi feito por diversão e para ver se realmente funcionaria.

O resultado surpreendeu a Sony e o produto passou a se tornar uma aposta. A produção inicial foi relativamente tímida, apenas 30 mil aparelhos foram produzidos.

Isso porque a companhia não sabia qual seria a reação do público com esse novo aparelho.

1980 – o boom do Walkman

Walkman da Sony

Após o lançamento no Japão em julho de 1979, as 30 mil unidades foram vendidas em apenas três meses. Além disso, a popularidade do aparelho começou a aumentar.

Já em abril de 1980, uma reportagem realizada pela Nikkei Sangyō Shimbun revelou que a  produção de 20 mil aparelhos mensais eram insuficientes para atender a demanda.

No mesmo ano foram vendidos 140 mil unidades em apenas 7 meses. E isso era só o começo.

WM-2

Walkman WM-2

Dezenove meses após o lançamento do Walkman surgiu a segunda geração do aparelho: o WM-2 em fevereiro de 1981.

O aparelho se tornou mais compacto e possuía as funções para avançar e voltar a fita K7. O primeiro Walkman vendeu 1,5 milhões de unidades em dois anos no Japão. Já o WM-2 vendeu 1 milhão de unidades em apenas nove meses.

Então, o Walkman passou a se tornar popular no mundo. Dos 5.5 milhões de aparelhos produzidos em outubro de 1982, 60% foram exportados para outros países.

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Comentários

Share via