Existe lado certo para ficar parado na escada rolante no Japão?

Existe uma regra de etiqueta respeitada nas grandes cidades em relação a escada rolante no Japão. Confira.

Escada rolante no Japão

Dependendo da região existe um lado destinado a quem deseja ficar parado e outro a quem deseja economizar tempo e subir ou descer mais rápido. O lado correto mudará de acordo com a região.

Lado correto

A regra é deixar um lado livre para quem tem pressa. No caso de Osaka e na região Kansai, o lado direito é destinado a quem deseja ficar parado, já o esquerdo deve ficar livre.

Escada rolante Osaka
Escada rolante Osaka

Já em Kanto (Tokyo) é o contrário e o lado direito deve ficar livre, enquanto o esquerdo é destinado para ficar parado. Kyoto é igual e o lado direito deve ficar livre.

Escada rolante Tokyo
Escada rolante Tokyo

Historicamente Osaka foi uma região mercante e a bolsa de dinheiro era carregada do lado direito. Por isso as pessoas protegiam esse lado e deixavam o esquerdo livre.

Em Tokyo tinha grande circulação de bushis e a mão direita ficava livre para poder pegar a espada. Essa diferença entre lados ainda pode ser observada no trânsito também.

Preocupação com acidentes

Com a chegada das Olimpíadas Tokyo 2020, um grupo busca conscientizar a população e diminuir acidentes em quem tem dificuldade de mobilidade, por exemplo.

Um homem de 65 anos chamado Akio Hinuma e morador de Tokyo contou que depois de um AVC passou a ter dificuldades em usar o lado esquerdo do corpo.

Por isso só consegue ficar parado do lado direito na escada rolante. Ele usa um aviso pendurado em sua bolsa que diz: “Estou parado desse lado por um motivo”.

O aviso foi criado pela Associação de Terapia Física de Tokyo em 2018 e 5.000 foram distribuídos gratuitamente.

Leia também

Conheça quatro meios de ir para Osaka de Tokyo

Nishinari: o famoso gueto de Osaka

Tokyo e Osaka: conheça as principais diferenças entre as duas cidades

A associação também passou a fazer workshops de conscientização com apelo para que as pessoas parem de andar nas escadas rolantes durante as Olimpíadas devido ao aumento do fluxo de pessoas no Japão para evitar acidentes.

Segundo dados do corpo de bombeiros de Tokyo, 1.400 pessoas por ano foram levadas ao hospital entre 2012 e 2016 por conta de acidentes em escadas rolantes no Japão. 60% tinha mais de 65 anos.

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Comentários

Share via