Kinrokanshahi: o feriado de ação de graças do trabalho no Japão

O Japão também possui o seu feriado de dia de ação de graças e cai no dia 23 de novembro chamado Kinrokanshahi (きんろうかんしゃひ).

Tanto o feriado, quanto seu nome são datas da história recente do Japão. O kinrōkanshahi (Dia de Ação de Graças do Trabalho) surgiu no pós guerra em 1948. No entanto, sua raiz e origem são muito anteriores. Confira.

Niiname-sai

Naruhito com arroz da colheita

Niiname-sai é um ritual shinto realizado pelo próprio Imperador no dia 23 de novembro para agradecer aos kami pela colheita e a prosperidade.

Essa tradição remonta a era da Imperatriz Kogyoky durante o período Asuka (642d.C – 645d.C). Desde aquela época, os rituais do Niiname-sai acontecem nos santuários Imperiais Shinkaden.

Porém, no dia 17 de novembro é realizado também pelo Imperador do Japão o Kanname-sai, um ritual no Santuário Ise Jingu, o mais importante do país.

Esse ritual separa os primeiros grãos de arroz colhido de diversas regiões do Japão para a kami Amaterasu provar primeiro.

Além disso, antes da Era Meiji o festival Niiname-sai era realizado com base no calendário lunar: o último dia do coelho do 11º mês. Por isso não havia um dia fixo.

Mas com as mudanças do Japão moderno e a adequação do país ao calendário gregoriano ocidental, convencionou-se a celebrar a data fixamente no dia 23 de novembro.

Kinrokanshahi

crianças desenhando deitadas no chão

Durante séculos, o festival shinto era uma atividade dedicada especialmente a corte imperial e  havia pouca ligação com a população em geral.

Após o fim da segunda guerra, o niiname-sai foi substituído pelo Kinrōkanshahi (kinro kansha no hi, Dia de Ação de Graças do Trabalho.

Esforço coletivo

Esse feriado busca prestigiar os esforços de todos os trabalhadores do país para gerar riqueza, bens e serviços aos demais cidadãos.

No entanto, apesar de ter sido ressignificado pela população japonesa, ainda carrega suas origens e tradições.

Isso porque muitos festivais ocorrem por diversos santuários do país estimulando o espírito de celebração e agradecimento ao trabalho árduo dos profissionais para a prosperidade do Japão.

Leia também

Entenda a importância do feriado Bunka no Hi no Japão 

7 coisas para saber sobre o natal no Japão 

Como a Páscoa no Japão é celebrada? 

Reconhecimento e gratidão

Uma das coisas mais interessantes sobre esse feriado nacional é o reconhecimento verdadeiro pelo trabalho, esforço e dedicação dos profissionais japoneses.

Nas escolas, os estudantes escrevem cartões de agradecimento para funcionários públicos, como policiais e bombeiros.

Também é comum encontrar cartões e cartazes de agradecimento pelas ruas de todo o Japão, um esforço coletivo para lembrar da importância do trabalho de cada um.

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Comentários

Share via