Randoseru: conheça curiosidades sobre a mochila escolar japonesa

Randoseru é a mochila japonesa padrão dos estudantes usadas em todo o período escolar até o ensino fundamental. É um modelo único para todas as crianças. Saiba mais.

Curiosidades do randoseru

Mochilas penduradas para venda

Essa mochila tem muitas curiosidades interessantes e faz parte da tradição japonesa passada de geração em geração.

Foi projetada para soldados e inspirada nos holandeses

Durante o período Edo (1603-1868), o governo Shogunato se inspirou na mochila usada pelos militares da Holanda. Aliás, a palavra deriva de ransel ou rantsel (mochila em holandês).

Em 1885, eles pensaram em usá-la nas escolas, pois era mais resistente do que os modelos de tecido da época.

Mochila do Imperador Taisho

O próprio Imperador Taisho ganhou uma quando começou o ensino elementar na escola Gakushuin.

No entanto, era usada mais nas regiões metropolitanas, enquanto as crianças da parte rural do país usavam lenços furoshiki para carregar seus livros e materiais. Em 1960, elas se espalharam pelo país até ser padronizada. O modelo suporta até 3 kg de material.

Interior da mochila

Custa caro e usam a mesma por seis anos

A randoseru tradicional é feita artesanalmente e em couro por ser um material mais resistente. Lá, eles não costumam trocar de mochila todos os anos.

Randoseru pendurada nas cadeiras em sala de aula

As crianças usam a mesma mochila até completarem o fundamental. Por isso, as famílias organizam seus orçamentos para comprar a de melhor qualidade para durar seis anos no mínimo.

Atualmente, a maioria é confeccionada em couro sintético (Clarino) bem resistente, a prova d’água e foi inventado por uma empresa japonesa em 1965.

Essa tem um custo menor, ainda assim são caras. As de couro de cavalo e de vaca são as que têm valores mais altos e algumas fabricantes até oferecem garantia por seis anos. Uma de boa qualidade varia entre 30.000 ienes (R$ 1.103,00*)  a 120.000 ienes (R$ 4.413,60*).

Até tem randoseru a partir de 3.000 ienes (R$ 110.34*) em lojas de departamento, mas seu material é inferior e não dura tanto.

No entanto, é uma opção para famílias que não conseguiram se organizar ou não tem muito dinheiro para comprar uma. Também tem lojas que vendem mochilas de segunda mão.

Presente de vó

Por ser caro, costuma ser um presente dado pelos avós quando a criança entra na escola. Representa um rito de passagem e muitas famílias seguem essa tradição.

Não é obrigatória

Não existe nenhuma lei que obrigue as crianças a usarem a randoseru. No entanto, desde a década de 60, todas passaram a escolher esse modelo pela durabilidade e funcionalidade.

Acabou virando uma escolha natural ano após ano e não tenha quem se arrisque a usar uma diferente, até para evitar bullying.

Leia também

Merenda escolar japonesa: o que as crianças costumam comer?

Cabelos escuros nas escolas japonesas: petição pede mudança

Você conseguiria cumprir as mesmas obrigações das crianças japonesas na escola?

Valor emocional

Após tantos anos usando a mesma mochila, muitos acabam se apegando e guardam suas randoserus depois de adultos pelo significado emocional.

*Valor convertido no dia 02/11/2019*

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Comentários

Share via