Stalker no Japão acha cantora através do reflexo dos olhos em fotos

A cantora japonesa Ena Matsuoka, 21 anos, sempre postava selfies e colocava na redes sociais. Ela faz parte do grupo J-pop Tenshi tsukinukeni yomi e foi atacada por um stalker no Japão.

O caso aconteceu no dia 1 de setembro e a notícia repercutiu pela mídia japonesa e internacional em outubro.

Hibiki Sato de 26 anos foi identificado como o stalker no Japão e mora em Saitama. Ele deu zoom em fotos e viu no reflexo dos olhos pistas para descobrir onde ela morava em Tokyo.

Hibiki Sato

Era onze da noite e ela estava voltando de um show. Depois de passar pelo portão de segurança de sua casa, o homem se aproximou furtivamente por trás e cobriu sua boca com um pedaço de pano e a arrastou até um beco onde a abusou e machucou. Ela levou uma semana para se recuperar.

Ele foi identificado por câmeras de segurança do local, foi preso no dia 17 de setembro e contou detalhes a polícia.

O homem usou o Google Street View para achar a localização da estação de trem que ela pegava. Ele viu o nome da estação através do reflexo dos olhos de Ena em uma selfie.

Zoom nos olhos de Ena Matsuoka

Além disso, ele usou outros detalhes de fotos ao dar zoom. Ele identificou sua cortina e assim pode saber o andar que a cantora vivia, segundo informações do Sankei Shimbun e o Japan Times.

Leia também

J-pop underground: saiba como é a vida dos aspirantes a ídolos no Japão 

4 fatos muito estranhos sobre o J-pop que você não conhecia 

Entenda um pouca da cultura e adoração ao J-pop 

Isso trouxe atenção ao perigo de postar fotos nas redes sociais de informações pessoais em fotos de alta resolução.

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Comentários

Share via