Bo-taoshi: conheça o esporte radical dos cadetes no Japão

Bo-taoshi é um esporte comum entre os cadetes militares no Japão, mas também é reproduzido em universidades. É parecido com a brincadeira de captura de bandeira, mas com métodos mais agressivos e adaptados. Saiba mais.

Bo-taoshi

Cadetes tentando alcançar a estaca

À primeira vista parece não fazer muito sentido, mas o esporte tem regras. A estaca é o objetivo central do jogo, o oponente deve se pendurar no poste para conseguir tombá-lo a 30 graus.

Ele atrai bastante gente para assistir ao misturar um pouco de tudo. Em uma disputa será possível ver agilidade, rapidez, técnicas estratégicas e combate corpo a corpo com bastante brutalidade.

Bo-taoshi é o esporte tradicional da Academia Nacional de Defesa e todos os cadetes participam anualmente, além de ser comum em eventos especiais.

Dois times jogam com cerca de 150 pessoas ao total. Cada um separa pessoas para ficar atacar ou defender. A defesa usa branco e o ataque cores mais coloridas. Existe uma estratégia a seguir apesar de parecer apenas caos e cada um tem um papel a cumprir.

Leia também

Kumitaiso: fazer pirâmide humana causa debates no Japão 

Guerra de travesseiro no Japão tem competição nacional 

Xadrez japonês: será que o shogi ainda é popular? 

A posição mais curiosa é o de ninja, essa pessoa deverá ficar no topo da estaca fazendo peso com seu corpo para evitar que ela tombe e afastar oponentes.

osição de ninja no bo taoshi

Ainda existem outras quatro funções. Defender e não deixar ninguém se aproximar da estaca, para que ela se mantenha em posição, uma barreira humana para não deixar ninguém perto e alguém para contra-atacar.

Cadetes jogando

Agora na parte ofensiva, cada time tem três funções. Pessoas que distrairão quem deve proteger e abrir caminho para ataque, um grupo para atuar como trampolim para alguém pular e se agarrar na estaca e alguém para ser mais ativo e correr sob as costas de seus companheiros para pular e alcançar a estaca.

Cadetes atacando

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Comentários

Share via