O café da manhã é a refeição mais importante do dia, afinal, são cerca de oito horas em jejum ao acordar. Não comer nada pela manhã apenas fará comer exageradamente no almoço. Por conta disso, o café da manhã tradicional japonês é bem diferente do que estamos acostumados no Brasil.

Ele poderia tranquilamente ser confundido com uma preparação para o almoço, por exemplo. Geralmente um café da manha japonês terá arroz cozido, sopa miso, peixe grelhado ou alguma outra fonte de proteína, tsukemono, nori, natto, kobachi, tamagoyaki e salada verde. É bem completo para começar o dia.

Apesar de ser uma farta refeição, as porções são preparadas para satisfazer as necessidades de uma pessoa sem desperdício. Por ser uma refeição completa muita gente pode achar que prepapar pela manhã será trabalhoso, mas a realidade é outra. Em vinte minutinhos será possível aproveitar um tradicional café da manhã japonês. Confira!

Deixe o arroz pronto

Preparar o arroz branco japonês não tem segredos, quem possui uma panela de arroz sabe disso. Em cerca de quinze a vinte minutos é possível ter um arroz fresquinho pela manhã, já que a preparação só leva arroz e água, não é preciso temperar. Quem preferir pode deixar o onigiri pronto no dia anterior e começar o dia com mais praticidade.

Corte os ingredientes antes

Pode-se cortar tofu e deixar separado no dia anterior, assim como preparar a sopa de misso e acrescentar cebolinha, cogumelos shitake, shimeji, wakame, aburaage e amêijoas pela manhã.

O natto costuma vir pronto, então não há dificuldades, pode-se temperar com shoyu, cebolinha, karashi e kizaminori. Tem gente que não consegue comer natto ainda mais pela manhã, mas ele é rico em proteínas, é ideal para reforçar o café da manhã.

Separe as postas de peixe antes

No Japão, é comum utilizar o salmão de peixe grelhado, outro peixe popular no café da manhã é o aji (encontrado no Brasil como carapau). Você pode substituir o salmão por outro peixe ou outro alimento rico em proteínas como o edamame. Grelhar o peixe não leva mais do que dez minutos e a dica é deixar as postas separadas na geladeira no dia anterior ou grelhar os pedaços antes.

O tsukemono é outro elemento básico do café da manhã e já estará pronto pela manhã já que é uma conserva. Quem não consegue se acostumar com o gosto do nabo em conserva pode fazer seu próprio tsukemono usando outros vegetais, como cenoura, acelga e pepino.

Leia também:

São dicas simples, mas que podem agilizar o preparo do café da manhã. E então? Que tal incorporar a alimentação japonesa no seu dia a dia?

Curta nossa página no Facebook
(Não aperte o botão se você já curtiu)

Comentários

comentários