Aokigahara: não tenha medo de fazer uma visita

Uma das últimas polêmicas envolvendo a floresta Aokigahara Jukai, foram por causa do youtuber Logan Paul e a sua atitude. Durante a filmagem no local, Logan encontrou um corpo de um suicida e seus comentários foram insensíveis.

YouTuber Logan Paul acha corpo em Aokigahara, faz piada e pede desculpas

Aokigahara: A “floresta dos suicídios” do Japão

Além disso, existe um mito mundial muito forte sobre a floresta e acabou ganhando a fama de floresta do suicídio. Um título bem pesado.

Por exemplo, a ponte Golden Gate, um dos cartões postais do EUA é um dos destinos mais procurados por suicidas no país, no entanto, não é conhecida como ponte do suicidio.

Então qual é o motivo de manter esse estigma tão pesado em uma floresta tão magnífica? Claro, negar a história do local é um desrespeito com as pessoas que morreram lá, mas não é uma boa hora para mudar o título?

O nome e a origem do mito

Aokigahara Jukai significa Mar de Árvores e ocupa uma posição importante e especial das paisagens do Monte Fuji, símbolo de orgulho nacional.

É uma região que sofreu forte transformação com as erupções vulcânicas por volta do ano 800. Muita gente concorda, que transformar a floresta em local macabro e sombrio não faz jus a sua grandeza.

No Japão, o mito de floresta do suicídio vem basicamente das próprias obras literárias, contos de suicídios “românticos” praticadas por casais, ubasute (abandono de idosos para morrerem) e das histórias de yureis.

Hollywood já criou algumas produções que exploraram a má fama de Aokigahara, como The Sea of Trees e The Forest. Um visitante que esteja esperando um lugar sobrenatural e assustador, poderá se sentir muito frustrado ao entrar na floresta.

Medos imaginários

A única coisa que poderá ser assustadora, são os próprios monstros que a mente criou. De fato, é uma natureza peculiar, sua posição é próxima a uma camada de magma, então há muitas rachaduras e buracos no solo.

As árvores não conseguem penetrar as raízes profundamente, o que dará um ar mais sombrio aos olhos de quem está com a visão negativa do lugar.

Reconstruindo a imagem

Muitas notícias de Aokigahara são tendenciosas e sensacionalistas, de acordo com a prefeitura de Yamanashi, a floresta é “um ponto de orgulho para o mundo”. Há diversos pontos e estruturas turísticas para receber visitantes.

É uma floresta imensa e ainda não foi totalmente explorada, para quem não conhece, se perder é realmente fácil.

Há muitas cavernas e paisagens lindíssimas por lá. Se em um passeio, sua bússola parar de funcionar, fique tranquilo, é o magnetismo do magma que estará interferindo.

Se você ainda não conheceu a Aokigahara Jukai, recomendamos fazer uma visita, é um lugar incrível e belo.

Talvez seja o tempo de quebrar velhos conceitos e ver a floresta como ela realmente é: um milagre da natureza.

Comentários

Share via