Go Japan! Nova tecnologia japonesa promete ajudar os deficientes visuais

Já imaginou as dificuldades na vida de um deficiente visual? Afinal, muitos lugares não possuem uma política pública de inclusão, o que acaba deixando o dia a dia ainda mais complicado.

Felizmente, esse não é o caso do Japão. O governo e a sociedade se esforçaram e colaboraram muito para melhorar a vida dos deficientes visuais, aumentando a acessibilidade nas ruas, adaptando espaços públicos, estações, e claro, em solidariedade com a população.

Visando deixar a vida dessas pessoas ainda mais confortável, a empresa japonesa Oton Glass está desenvolvendo um óculos revolucionário e pede ajuda de todos para concretizar esse lindo projeto.

Oton Glass

A empresa fundada por Keisuke Shimakage, um jovem de 26 anos, começou suas operações em 2014 no distrito de Akasaka em Tóquio. Suas principais atividades são a pesquisa, desenvolvimento, produção e venda de óculos inteligentes.

Tudo começou quando o pai de Shimakage sofreu um acidente cardiovascular em 2012. Uma das consequências, foi perder a capacidade de ler.

Keisuke Shimakage

Na época, o jovem empreendedor estudava design na Universidade de Tóquio e se perguntava o que fazer para seu trabalho de graduação.

A resposta foi simples. Criar um dispositivo que pudesse apoiar seu pai e melhorar sua qualidade de vida e de outras pessoas que sofrem com deficiência visual. O nome Oton Glass foi a união das palavras Oton (papai) e Oto (som).

Leia também

7 tecnologias incríveis do cotidiano japonês

Empresa do Japão planeja a construção do maior arranha-céu de madeira do mundo

Tecnologia japonesa permite cultivar em qualquer ambiente

A decisão foi oficializada quando Shimakage acompanhou o pai no hospital e ele não foi capaz de preencher um formulário. Ele não conseguia compreender o que estava escrito.

Como funciona os óculos?

prototipo Oton

Em sua armação, há duas câmeras instaladas, um botão e um fone de ouvido. Quando o usuário estiver em frente a uma placa, texto ou mesmo com um livro, um botão de captura envia o texto para um sistema de nuvens e converte o texto em voz que é reproduzido no fone.

Oton Glass
Créditos: YOSHIAKI MIURA

O sistema também possibilita integração com o tradutor do Google para textos em outros idiomas.

Previsão de lançamento

Para o projeto ser concluído, a Oton Glass precisa arrecadar 10 milhões de ienes. Para atingir seus objetivos, Shimakage fez um catarse, que está disponível para quem quiser e puder colaborar. Ele espera lançar o produto em 2018.

O design do óculos é simples e o preço será incrivelmente acessível para pessoas de todo o mundo. O valor estimado para o produto é de 5 mil ienes, algo em torno de R$ 152,30.

Caso não seja atingida a meta para concretizar o Oton Glass, o dinheiro arrecadado será investido para o aprimoramento do projeto.

Tomara que tudo dê certo e que essa novidade possa melhorar a vida dos deficientes visuais de todo o mundo. O que você achou da iniciativa? Se ficou com vontade de ajudar, clique aqui.

Comentários

Share via