Por que os estudantes japoneses limpam suas próprias escolas?

Na maioria das escolas dos países do primeiro mundo existe “faxineiros”. No entanto, nem todas as escolas do Japão possuem esses funcionários.

Saiba como é feita a limpeza no ambiente escolar japonês!

Leia também:

Escolas do Japão

Quando pensamos nas escolas de países ricos e desenvolvidos, sempre imaginamos um ambiente limpo e bem cuidado por competentes funcionários da limpeza.

Esses faxineiros são pessoas contratadas, que limpam os corredores, sanitários e janelas durante e após o horário escolar.

No entanto, muitas escolas japonesas não contratam “faxineiros”. Como resultado, os alunos se transformam na própria equipe de limpeza de suas escolas.

Sem faxineiros

Retina pixta 3877831 s

Sem faxineiros, os alunos são responsáveis ​​por manter sua escola limpa e agradável. Estudantes muito jovens, como as crianças da Educação Infantil, ensinam como esfregar o chão, limpar a janela ou lavar o banheiro.

Sistema rigoroso de agendamento da limpeza

Retina shutterstock 18909625

Cada sala de aula cria um sistema de agendamento, com dias ou horários fixos, dedicados exclusivamente à limpeza de sua classe e ambientes.

Por uma questão de responsabilidade e de colaboração

Retina pixta 12953617 s

Este sistema de manutenção da limpeza “sem faxineiros” não foi estabelecido pela economia de dinheiro, nem pela falta de recursos humanos disponíveis.

O principal objetivo é pedagógico. A ideia é a de incorporar o senso de responsabilidade e de trabalho em equipe. Através de suas tarefas na limpeza da escola, treinar os estudantes para serem mais altruístas e colaborativos.

Assista no vídeo abaixo como ocorre a limpeza em uma escola do Japão:

Belo exemplo dos japoneses, concordam?

Comentários

Share via