Onde encontrar loja plus size no Japão

Encontrar uma loja plus size no Japão pode ser uma tarefa difícil. Aliás, ser plus size no Japão é completamente diferente do que encontramos no Brasil.

Uma pessoa dentro do padrão estético ocidental pode ser considerada plus size no Japão, por exemplo. Tudo por conta da média da estatura e peso dos japoneses.

Por isso, comprar roupas e sapatos pode ser difícil se você mede mais de 1 metro e 60 cm ou pesa mais de 55 kg. Os tamanhos no Japão costumam ser bem pequenos, tanto para homens, quanto para mulheres.

Para ter noção, a estatura média da mulher japonesa é de 1 metro 58 cm e 51kg. Para os homens é 1 metro e 72 cm e 61 kg. Conheça algumas lojas plus size e não passe sufoco para comprar roupas no Japão.

Punyus

Popularizada pela modelo Naomi Watanabe, a loja Punyus deixa acessível vários tamanhos de roupas street fashion. Será possível encontrar uma variedade de estampas, cores e designs também.

As medidas vão além do 6L, mais ou menos o tamanho 48 do Brasil. Além disso, eles tem acessórios, sapatos e roupas de banho.

Os sapatos são maiores do que a média padrão de 25 centímetros, lembrando que a numeração no Japão é diferente. Existem lojas Punyus em Tóquio, Yokohama, Sapporo, Nagoya e Osaka. A peça mais barata é a partir de 1,000 ienes.

Eur3

A marca Eur3 preza o conforto e a elegância em moda casual. Por isso, será legal para encontrar peças básicas, desde o tamanho mínimo LL até o 6L.

No quesito sapatos, a loja deixa a desejar já que os calçados não ultrapassam 25 centímetros. Existem lojas em Tóquo, Hokkaido e mais. Os preços são a partir de 1,990 ienes.

Nissen

A loja Nissen oferece roupas divertidas, kawaii, elegante, casual e moda íntima. As medidas vão até o 10L em uma categoria grande.

Ideal para mulheres altas que procuram roupas no Japão e os preços são a partir de 790 ienes. Depois que você se acostumar com os padrões de tamanho japoneses, essa loja poderá ser uma opção para fazer compras online, já que a marca não possui loja física.

<Loja online Nissen>

Gostou do artigo? Inscreva-se em nossa Newsletter.

Share via