Conheça quatro estilos fashion do Japão que ainda influenciam os jovens

A manifestação dos ideais, personalidade e visões sobre a beleza acontece pela escolha do estilo fashion dos japoneses.

Durante a vida escolar e acadêmica (dependendo da profissão), eles acabam ficando presos ao senso comum de que todos devem parecer iguais (cabelos, roupas e atitudes), por isso, quando eles entram na vida adulta, muitos querem ser diferentes.

Através das roupas, maquiagens e acessórios, muitos conseguem se expressar livremente sem precisar compartilhar seus pensamentos e sentimentos de forma verbal.

Dessa forma, podemos entender a importância dos estilos fashion do Japão e sua influência na vida dos jovens adultos. Conheça quatro tipos e que ainda influenciam nos dias de hoje.

1. Visual Key

Visual Key

Esse visual é caracterizado pelas tendências da música japonesa, é um estilo do underground. Inspirado pelo estilo glam rock e da cena grunge dos anos 80 e 90, os japoneses adaptaram a moda com a cena de música local.

As bandas X Japan, Buck Tip, Luna Sea a Glay eram bandas chaves do visual key, caracterizado pelas lentes de contato com padronagens, batom da cor preto, piercings, maquiagem pesada e feminina.

Quem é adepto do visual key possui necessidade em se rebelar contra as regras tradicionais da cultura japonesa.

Leia também

Por que praticamente tudo no Japão é kawaii

Lojas imperdíveis em Harajuku

Seis lojas de moda no Japão que valem a pena visitar

2. Decora

Decora Japão

Esse estilo fashion ainda aparece entre as opções dos amantes da moda em Harajuku. O look é caracterizado pelos motivos minimalistas da decoração, daí a inspiração para seu nome.

Tudo pode ganhar o apelo decora, nas roupas, maquiagens, sapatos, bolsas, meias, cabelos, etc. O estilo decora ficou famoso por ser um dos primeiros a customizar as máscaras tão comuns utilizadas pelos japoneses em seu dia a dia.

3. Lolita

Lolita Japão

Muitas garotas japonesas adotaram o estilo “Lolita de ser” a partir do final da década de 80 no Japão. Inspirada na moda europeia do século XVIII, as roupas femininas são semelhantes de Maria Antonieta, a rainha francesa decapitada durante a revolução.

A moda já foi mais forte no país, mas ainda hoje, é possível ver pelas ruas o estilo da monarca, com adornos que vão desde crucifixos a xícaras de chá. Os acessórios, bolsas e chapéus também seguem os padrões de moda Lolita.

Em 1987, uma revista de moda japonesa chamada Ryuko Tsushin trouxe para a sociedade um olhar renovado do Rococo, expressão artística francesa pós arte barroca e o estilo ganhou variações.

Há três categorias de looks de Lolitas no Japão: Lolita Clássica, Doce Lolita e Lolita Gótica. O mais comum é o estilo Doce Lolita, com vestidos em tons pastéis e maquiagens mais fofas. A Lolita Clássica tem um visual nostálgico, muitas padronagens florais e adornos.

Lolita Gótica é o estilo predominado pelas cores escuras, maquiagens para deixar a pele pálida e adornos com temas religiosos. É interessante a reinterpretação de valores mundial sobre o termo “gótico”, já que a arte gótica é original da idade média, repleta de cores, luz e vida.

4. Gyaru

Gyaru Japão

A moda Gyaru ganhou força no país a partir dos anos 90 e 2000. O estilo é muito extravagante, com bronzeamento artificial, cabelos grandes e volumosos (suji mori) decorados com flores, muita maquiagem e cílios postiços.

O estilo relembra os anos 70 e 80 nos EUA, readaptado para o lado mais glam possível, o exagero é parte essencial de quem é adepta da moda Gyaru.

Há subcategorias dentro da moda Gyaru, o mais comum de encontrar são as Gyaru Gime (princesas gyaru, Ganguro (pele escura), Kogyaru Yamanba e Kogyaru Banba. É muito difícil não reconhecer uma adepta da moda Gyaru nas ruas japonesas.

Já viu um desses estilos nas ruas do Japão? Qual a sua impressão?

Share via