Xadrez japonês: será que o shogi ainda é popular?

Shogi ou xadrez japonês, é uma das tradições mais importantes e respeitadas do Japão. Mas será que esse jogo de tabuleiro antiquado ainda é popular?

Origem do shogi

origem shogi

A origem do shogi é o jogo Chaturanga. O jogo indiano foi desenvolvido por um general para simular as situações estratégicas em um campo de batalha.

No Chaturanga, o tabuleiro é de oito pot oito em um total de 84 casas. Além disso, é dividido entre quatro jogadores com oito peças cada.

Por sua vez, o shogi é apenas para duas pessoas. Cada um com 20 peças distribuídas em um tabuleiro de nove por nove (81 casas).

Após ser introduzido no século XVII, o xadrez japonês se tornou um dos passatempos diários mais apreciados por toda a população.

O jogo também foi utilizado por samurais para refinamento tático e estratégico contra um exército inimigo. O shogi também é considerado a arte marcial da mente.

Por conta de sua popularidade, muitos salões foram abertos no país para os jogadores. Isso também contribuiu para o desenvolvimento econômico japonês.

Mundo contemporâneo

Cena do anime Naruto - shogi

Você provavelmente já viu algum personagem de filmes, séries ou animes japoneses, que tem o shogi como hobbie.

Talvez, o que você não sabia é que no Japão, 10% da população joga shogi regularmente e são impressionantes 12 milhões.

Além disso, o esporte mental é amplamente divulgado pela mídia e canais de comunicação do país como jornais, revistas e televisão.

Atualmente uma partida de profissionais de shogi no Japão atrai até 300 mil espectadores nas transmissões ao vivo da internet e muitos salões de dojo estão sempre lotados.

Osaka é considerada a Meca para os jogadores de todo o país e turistas de todo o mundo.

Outro fato sobre o shogi é que a diferença de idade entre jogadores é considerado insignificante, isso permite que crianças e adultos compartilhem bons momentos juntos.

Diferente da cultura ocidental, no Japão as habilidades de uma pessoa (principalmente homens ikemen) no dojo de shogi podem torná-los mais atraentes.

Leia também

Você conhece todas as classes guerreiras do Japão feudal?

Conheça a história das mulheres samurais

Top 10 dos samurais mais ikemen

Jogo Shogi

jogo shogi

Quem já jogou xadrez já tem um boa base para começar, porém muitos estrangeiros sentem dificuldades para assimilar quais são as peças. Isso é questão de costume e decoração.

Peças

• 1 rei (gyokusho: rei branco osho: rei preto) – anda uma casa livre;
• 2 generais de ouro (kinsho) – uma casa por vez, com excessão das diagonais traseiras;
• 2 generais de prata (ginsho) – anda uma casa nas diagonais e para frente;
• 2 cavalos (keima) – é como o cavalo do xadrez ocidental, mas seu movimento só pode ser o L frontal. Além disso, a peça não pode recuar;
• 2 lanceiros (kyosha) – anda livremente para frente no tabuleiro e não pode recuar;
• 1 torre (hisha) – anda livremente pelas horizontais e verticais;
• 1 bispo (kakugyo) – anda livremente pelas diagonais do tabuleiro;
• 9 peões (fuhyo) – anda uma casa para frente sem poder recuar;

Além desses movimentos básicos, o xadrez japonês possui regras de promoções que são opcionais e alteram as características de movimento das peças.

Quando uma peça do oponente é capturada, poderá ser reinserida em qualquer lugar do jogo e a qualquer momento por quem a conqusitou.

É considerado um dos jogos estratégicos e táticos mais complexos do mundo ao lado de go e xadrez.

Porém, as partidas de shogi tentem a demorar. Existem campeonatos onde um jogo pode levar até dois dias para ser concluído.

Porém, muitas partidas do cotidiano são rápidas, mas para os mais afincos, uma simples jogada pode demorar horas para ser feita.

Ganhar e perder

Quando um jogador perde, ele deve admitir a derrota e cumprimentar seu oponente. Mas existe uma característica ainda mais interessante sobre ganhar e perder.

Muitos jogadores profissionais japoneses sonham com partidas em que eles perdem de uma forma tão elegante, que o perdedor se torna mais respeitado do que o vencedor.

Quem perde com estilo é considerado um bom perdedor e isso muitas vezes é mais valorizado do que a própria vitória.

Curiosidades

crianças jogando shogi

O xadrez japonês continua em crescente adesão de pessoas de todas as idades. Escolas japonesas e até chinesas introduziram os tabuleiros nas salas de aulas.

Conforme o esperado, o desempenho, foco, comportamento e capacidade de pensamento abstrato dos alunos foi muito superior a de crianças sem o contato com o jogo.

Além da melhora escolar, muitas desenvolvem seus talentos e capacidades sociais durante as partidas e isso reflete em suas vidas.

Se você ama coisas do Japão e quer melhorar suas capacidades mentais, emocionais e psicológicas, o shogi é perfeito para você.

Mesmo que pareça ser chato e tedioso, é na verdade muito prazeroso e emocionante. É um jogo para inserir em seu cotidiano.

Interessou em aprender a jogar? < Jogar shogi >É preciso fazer um breve cadastro.

Gostou do artigo? Não deixe de se inscrever em nossa Newsletter.

Comentários

Share via