fbpx

Conheça 3 motivos dos táxis do Japão terem portas automáticas

Quem já visitou o Japão, reparou que os táxis de lá tem portas automáticas. Quem não está acostumado acaba abrindo e fechando a porta, mas a regra de etiqueta e educação japonesa ensina a esperar. 

1. Tamanho dos táxis

Até 1950, a maioria dos táxis no Japão eram pequenos e nessa época as portas automáticas não existiam.

Com o crescimento econômico, com a influência do ocidente e o costume dos passageiros em esquecer a porta aberta (pois estavam muito cansados de trabalhar) fizeram com que os japoneses colocassem a porta automática na década de 60.

Naquela época, os táxis aumentaram de tamanho e os motoristas não conseguiam fechar a porta sem ter que sair do veículo também.

2. Hospitalidade

As portas automáticas viraram símbolo de hospitalidade e conveniência e com as Olimpíadas de Tokyo essa característica ficou bem conhecida entre os estrangeiros. Desde então, o detalhe é muito bem visto.

Leia também

Bebeu demais e perdeu o último trem? Pegue um “ônibus de resgate”! 

Irritações que todo mundo passa no transporte público do Japão 

Perdeu o trem? Dicas para usar táxi no Japão 

3. Previne crimes

Além da comidade dos passageiros e motoristas, esse sistema de trava oferece mais segurança ao motorista. Não que a criminalidade seja um problema, mas como o país recebe muitos turistas todos os anos, foi uma maneira de se sentirem mais seguros.

Por isso, se for pegar um táxi no Japão deixe que o motorista abra e feche a porta para você. 

Gostou do artigo? Inscreva-se em nossa newsletter.

Comentários

Share via