Shoga: como fazer gengibre em conserva japonês

O Shoga Gari é um acompanhamento tradicional da culinária japonesa. É servido com arroz, peixe, okonomiyaki, yakiniku, yakisoba, sushi, sashimi e mais. Sua versatilidade faz ser uma escolha deliciosa para diversas preparações.

Além disso, o gengibre é uma raiz cheia de propriedades medicinais. É um alimento considerado fitoterápico, ou seja, cientificamente seus benefícios são comprovados.

Seu elemento chamado gingerol tem ação sob artrites reumáticas, problemas do estômago, diarreia, náuseas, alivia tensão mentrual, combate infecções do sistema respiratório e protege contra câncer de mama, ovários, pâncreas e fígado e muito mais.

Receita Shoga

Ingredientes

  • 200 gramas de gengibre jovem e com broto;
  • 120 ml de vinagre de álcool;
  • 120 ml de água;
  • 5 colheres de sopa de açúcar branco ou marrom;
  • 1/2 colher de sopa de sal;

O segredo da receita shoga é escolher um gengibre jovem, fresco e com parte do broto, que é responsável pela cor rosada do shoga. Esse tipo é macio e tem a casca bem fina.

Portanto, o gengibre seco e sem o broto comumente encontrado nos supermercados não serve para fazer a receita.

No Japão, essa é uma receita sazonal, pois esse tipo jovem é encontrado apenas em algumas épocas do ano. Em feiras de orgânicos no Brasil, a possibilidade de encontrar será maior.

gengibre shoga

Modo de preparo

Corte o gengibre em pedaços de 4 cm. Usando uma colher descasque o gengibre com delicadeza. Enxágue e retire o excesso de água com uma toalha de papel.

Fatie os pedaços bem finos, coloque em um recipiente com água e reserve por 15 minutos. Esse processo é importante para eliminar qualquer gosto amargo.

Em uma panela, coloque água, açúcar e sal. Após os ingredientes dissolverem desligue o fogo, não precisa ferver a solução ou o caldo virará um caramelo. Acrescente o vinagre.

Com ajuda de uma peneira, leve o gengibre fatiado na água fervente. Cozinhe por dois minutos. Retire todo o excesso de água batendo a peneira em uma toalha de algodão.

Para guardar o shoga use um pote de vidro e hermeticamente fechado. Coloque o gengibre e três colheres de sopa do caldo e misture.

Leia também

Segredos para fazer um tonkatsu perfeito

Aprenda a fazer a massa do tradicional bolo japonês Kasutera

Ramen no Japão: conheça 10 tipos regionais para experimentar

Com ajuda de uma espátula descarte o excesso do caldo que você acabou de colocar. depois, coloque o restante do caldo. Essa etapa deixará o sabor mais acentuado e balanceará o doce do açúcar.

Deixe na geladeira pelo menos metade de um dia. Você pode servir com carne, salada ou peixe. Quanto mais deixar na conserva mais a coloração rosada ficará forte. A escolha do açúcar também interfirá na cor.

Gostou do artigo? Inscreva-se em nossa newsletter.

Share via