Wagasa: a elegância e tradição da sombrinha japonesa

O Japão tem itens artesanais muito bonitos e delicados, a sombrinha/guarda-chuva wagasa é uma delas. Tradicionalmente é feita com papel wagashi e estrutura de madeira ou bambu. Saiba mais.

Wagasa

Wagasa

Tradicional desde o período Heian (794-1185) era usada pelos membros da família imperial e aristocratas para proteger do sol.

A partir do período Edo (1603-1868) começou a ser usada por pessoas comuns, que até então se protegiam de alterações climpaticas apenas com chapeu e capa. Além disso, o wagasa está enraizado culturamente e não serve apenas para proteção.

Wagasa

É fundamental da cerimônia do chá e no kabuki, por exemplo, além de ter virado acessório para compor estilos também.

É ótima para proteger do sol e até da chuva. O papel é coberto de óleo e isso o faz ser resistente a água. Muito usada em eventos tradicionais, em templos e por geishas, a wagasa tem diferentes preços no Japão.

Em lojas de conveniência será possível encontrar uma a partir de 500 ienes (R$16,94*). O mais elaborado feito por um artesão mestre pode ser mais caro e chegar a 85,000 ienes (R$2.880,65*) pelo produtor Hiyoshiya de Kyoto.

*Valores convertidos através do Banco Central em 19/03/2019. Esse valor muda de acordo com a taxa de câmbio*

Wagasa de Hiyoshiya

Wagasa de Kyoto

O wagasa feito em Kyoto é diferente das outras partes do país, conhecido como kyo-wagasa. Ele é simples, de uma beleza delicada e arte do wabi-sabi aplicada. Sua confecção pode durar dias.

Leia também

Morar no Japão: 7 diferenças entre Kyoto e Tokyo

Kyoyasai: gastronomia, saúde tradição japonesa original de Kyoto

Washi tape: a fita de múltiplos usos do Japão

Tem bastante padronagens de wagasa para escolher e um mais bonito que o outro. Apesar de seu uso ter perdido força entre os jovens que preferem usar o guarda-chuva ocidental, ele ainda é encontrado para comprar com facilidade.

Wagasa

Para fixar o wagashi na estrutura, eles costumam usar uma cola chamada Hiyoshiya derivada da tapioca. A decoração interna pode ser um diferencial nos modelos mais elaborados.

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Comentários

Share via