Chá verde: conheça a história da bebida no Japão

Presente a mais de um milênio na sociedade nipônica, o chá verde é uma herança cultural de seus vizinhos chineses.

Estudos indicam que os chineses descobriram os benefícios da bebida em algum ponto entre oito a nove mil anos atrás.

Apesar da descoberta, as primeiras plantações no país só iniciaram muitos anos depois com os Hemudos entre 5.500 a 3.500 a.C.

China e Japão

A China é o parceiro comercial mais antigo do Japão. Um relacionamento antigo cheio de altos e baixos.

Durante o século 7, a influência social, cultural confucionista somada ao budismo ajudou a contribuir para a formação do estado japonês.

Então, entre os anos 618 a 907, Japão e China viviam um grande intercâmbio cultural. O príncipe Shotoku, fundador da primeira constituição do Japão, da unificação e formação do estado japonês e ícone da história do país é fruto desse intercâmbio cultural.

O chá verde na Terra do Sol Nascente

Durante essa troca entre os dois impérios entre o começo dos séculos 7 e 9, as primeiras sementes e mudas de Camellia Sinensis, conhecida como chá-da-índia chegou ao Japão.

folhas de chá verde

De acordo com a história, dois monges japoneses, Saicho e Kukai, foram estudar budismo na China e trouxeram algumas mudas e sementes de Camellia Sinensis.

flor do chá verde

O Imperador Saga (período Heian) ordenou o início das plantações de Cammelia Sinensis dentro do palácio real. Depois de alguns anos, ordenou novas plantações pelo país.

Foi o primeiro esforço do estado japonês em patrocinar a popularização do chá verde no país. Porém o esforço só trouxe resultados séculos depois.

Ponto de virada

Desde a introdução do chá verde no Japão por volta do século 9 até o século 12, a bebida era consumida apenas por nobres e monges.

Tudo isso mudou quando Eisai, o pai da cultura do chá verde no Japão retornou de sua viagem a China.

monge eisai

Eisai foi discípulo do mestre budista Xuan Huaichang e ganhou o status de mestre Zen em 1187. Além disso, quando Eisai retornou ao Japão em 1191 trouxe também sementes de planta e um livro com instruções para sua preparação e cultivo.

monge fazendo chá

Ele acreditava ser muito mais fácil para os monges atingirem a iluminação com auxílio da bebida e por isso a trouxe.

Quando chegou ao Japão, plantou algumas sementes no Monte Sefuri e deu outras a um monge chamado Myoue Shounin.

A popularização do chá verde no Japão

Idosas tomando chá

Com as sementes, Ensai e Shounin começaram uma plantação nas dependências do templo Kozan-ji em Kyoto em meados de 1206.

A partir daí, toda a região de Uji começou a consumir a bebida no seu cotidiano. No entanto, o consumo a nível nacional só aconteceu a partir de 1300.

Durante o século 14, Uji era responsável por abastecer a capital japonesa com chá verde em uma viagem de 500 km com toneladas de folhas.

Leia também

Conheça doces japoneses recomendados para acompanhar o chá verde ou matcha 

4 chás japoneses para manter a saúde em dia 

7 curiosidades sobre o matcha muito legais 

Os chás mais populares no Japão 

Apesar da popularidade da bebida por todo o Japão, a oferta ainda era limitada. Portanto, somente durante o século 16 novas técnicas agrícolas descobertas por Sohen Nagatan aumentaram abruptamente a produção do chá.

plantação

Desde então, o Japão foi capaz de abastecer a população com fartura. Além disso, possibilitou a exportação para o mundo dessa incrível bebida japonesa.

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Comentários

Share via