AI no Japão: conheça 4 humanos virtuais impressionantes

O AI no Japão aos poucos evolui. Atualmente, o país está juntamente com a China na vanguarda das pesquisas em inteligência artificial.

Na China, por exemplo, já existe um apresentador virtual de notícias na televisão do país. O Japão por sua conta já possui um hotel com atendentes robóticos.

Além disso, o país se prepara para lançar uma série de novas tecnologias nos Jogos Olímpicos de Tokyo 2020 incluindo o 5G e possibilitará muito mais avanços.

A projeção de alguns especialistas é que relacionamentos/convivência entre humanos e robôs ou inteligência artificial será algo normal por volta de 2050.

1. Saya

Saya

Desenvolvida pela TEL YUKA, Saya é uma estudante de 17 anos e um dos projetos mais antigos do Japão.

Curiosamente, seus criadores Teru e Yuka são casados. Por isso há uma espécie de relação familiar entre a jovem inteligência artificial e seus programadores.

É também um dos projetos mais ambiciosos em desenvolvimento. Premiada Miss iD em 2018, Saya foi inicialmente criada para testar a própria capacidade da empresa.

Saya

O programa foi tão bem sucedido que empresas e indústrias ofereceram recursos para expandir e potencializar o uso de Saya em outras áreas comerciais.

O objetivo é melhorar a tecnologia e permitir expressão de emoções, comunicação e aprendizado. Isso será possível graças a união da auto programação (Deep Learning Experience) e interface gráfica de usuários (GUIDE).

De acordo com os responsáveis pelo projeto, ela poderá falar, agir e se comportar de maneira independente e autônoma.

Espera-se que no futuro a garota virtual receba os estrangeiros nos aeroportos do país e também esteja disponível nas principais estações.

Assim como em centros comerciais e pontos turísticos, além de se comunicar diretamente por smartphones e outros dipositivos móveis.

Confira o <Twitter oficial Saya >

2. Imma

Imma

Ativa no Instagram desde 2018, Imma foi desenvolvida no computador por especialistas em modelagem da ModelingCafe Inc. a pedido de um produtor (Producer M).

Imma com outras modelos

Além do Instagram, a modelo virtual também possui uma conta no Twitter onde trabalha como olheira de novos talentos.

Entre seus gostos, aprecia a cultura e o cinema japonês. Em fevereiro 2019, a modelo foi capa da revista CG World com as modelos Mayben e Aria Asakawa.

O nome da modelo virtual surgiu inspirada na palavra japonesa “agora”, ima (今). Você pode acompanhá-la no Twitter <Twitter Imma> e no Instagram <Instagram imma>

3. Aoi Prism

Aoi Prism em ensaio fotográfico

Lançada ao mundo em fevereiro de 2019, Aoi Prism é uma jovem virtual de 20 anos de idade desenvolvida pelo coletivo YYZ.

Apesar de não pertencer ao mainstream, é uma influencer da moda de rua e da cultura pop do Japão.

Além de suas contas no Instagram e no Twitter, a jovem virtual já concedeu uma entrevista para a FashionSnap.com e KAY-YOU (ambas disponíveis apenas no idioma japonês).

Também é garota propaganda de uma série de grifes japonesas e de outros países, como Nφdress, Mikio Sakabe e DOLLS KILL.

Confira o <Instagram oficial Aoi Prism> e seu <Twitter oficial Aoi Prism>.

Leia também

Empresa japonesa combina inteligência artificial e hologradia 3D em personagem virtual 

Inteligência artificial no Japão: país começa a investir em especialização 

Shibuya Mirai: criança AI ganha cidadania japonesa 

4. Liam Nikuro

Liam Nikuro

Liam Nikuro é um jovem virtual, digital influencer e o primeiro humano virtual do sexo masculino no Japão.

Desenvolvido pela 1sec Inc, Nikuro é de Tokyo, mas divide o tempo entre a capital japonesa e Los Angeles.

Foto de Liam Nikuro

Entre seus interesses estão a música, moda e a indústria do entretenimento. Dotado de inteligência artificial é capaz de gerar conteúdo para suas redes sociais, de acordo com uma reportagem do Japan Today.

Para acompanhar Liam Nikuro, confira: <Instagram oficial Liam Nikuro> e <Twitter oficial Liam Nikuro>

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Comentários

Share via