4 palavras em inglês que nada tem a ver com sua tradução no Japão

Apesar das crianças aprenderem inglês desde cedo nas escolas, ainda é um idioma pouco compreendido. Além disso, muitos termos em inglês não significam exatamente sua tradução no Japão.

Muitas palavras em inglês foram adaptadas ao japonês ganhando significados novos. Portanto, não confie apenas no dicionário. Confira as mais curiosas.

1. Viking

A tradução no Japão da palavra viking nada tem a ver com o povo nórdico e escandinavo ou seus costumes.

Se você encontrar um restaurante viking significará que ele serve buffet de comida. Tem um monte no país com esse apelo.

2. Mansion

Mansion quer dizer mansão e os japoneses usam muito manshon no mercado imobiliário. A ideia dessa palavra para os japoneses não quer dizer que a casa seja imensa e cheia de luxos.

Eles se referem casualmente para indicar apartamentos em complexos residenciais. Já a palavra apaato fazendo referência a apartments (apartamentos) são moradias mais compactas e simples sem segurança ou outros serviços.

Leia também

Frases em japonês e palavras úteis para aprender o básico

Palavras japonesas ofensivas para evitar no Japão

Kotodama: o poder das palavras

3. UFO Catcher

UFO é um termo usado na ufologia e catcher vem do verbo catch (pegar). UFO Catcher é uma máquina com garra para pegar prêmios muito famosa no Japão. Ela ficou conhecida assim por causa da SEGA.

4. Consent

Consent é interpretado como consentimento. No entanto, virou konsento e nada tem a ver com a sua tradução. A palavra se refere ao carregador ou uma fonte de carga externa.

Compartilhe! Clique aqui e receba nosso conteúdo exclusivo pelo Facebook Messenger.

Comentários

Share via