Ramen, udon, soba e somen: você sabe a diferença entre as principais massas japonesas?

Ramen, udon, soba, somen. Os nomes podem até confundir, mas saiba que cada um deles possuem suas próprias características. Para degustá-los da melhor forma possível, confira as diferenças entre esses tipos populares de macarrão japonês.

(Crédito: Divulgação)

Ramen

Ramen (ラ ー メ ン) é um macarrão à base de farinha de trigo, sal e kansui (água alcalina rica em carbonato de potássio e bicarbonato de sódio, responsável pela elasticidade da massa). Este macarrão tem uma textura firme e geralmente possui uma cor amarelada. Ele pode variar em forma, largura e comprimento. Ao contrário de outros macarrões japoneses, o ramen quase sempre é servido quente.

ramen
Ramen na forma seca (à esquerda) e fresca (à direita). (Crédito: food52)

O ramen é servido em um caldo feito, geralmente, à base de carne, frango ou peixe e saborizado com miso, shoyu ou sal. É comum serem adicionados alguns ingredientes por cima como chashu (carne de porco fatiado), menma (conserva de brotos de bambu), ovos cozidos ou algum tipo de alga marinha. Existem diversas receitas e, normalmente, cada região tem seu próprio estilo de ramen. Confira os tipos mais populares:

Shoyu (originário de Tokyo): Feito com caldo de frango e shoyu. No topo, coloca-se carne bovina, de porco ou de peixe.

Miso (típico da região de Hokkaido): o caldo é feito à base de frango ou peixe e é saborizado com miso. Muitas vezes, são adicionados moyashi (broto de feijão) em seu topo.

Shio: A característica deste ramen é um caldo leve e claro. Geralmente, usa-se caldo de frango com sal. Por cima, são adicionados carne de porco ou bovina e narutomaki (um tipo de kamaboko – massa de peixe).

Tonkotsu (originário de Kyushu): O caldo é feito à base de cozimento de ossos de porco.

Kyushu ramen
Tonkotsu ramen (Crédito: wasa-bi)

Udon

A massa do udon (うどん) leva água e farinha de trigo e é bem mais grossa do que as outras. No Japão, tradicionalmente, ela é colocada num plástico e as mulheres a amassam com os pés.

udon
O udon encontra-se disponível nos mercados na forma seca (em cima) e fresca (embaixo). (Crédito: food52)

Como a massa é mais pesada do que outros macarrões japoneses, ele vai bem com um caldo leve. Normalmente, eles são servidos quentes em um prato simples. O estilo mais comum é o kake udon, servido quente em caldo de tsuyu (molho preparado com caldo de peixe e shoyu) e polvilhado com cebolinha picada. O udon também pode ser consumido gelado. Uma opção, é servir com um caldo a parte para imersão e um tempurá por cima.

udon
(Crédito: japanology)

Devido ao seu sabor neutro, este macarrão permite variadas combinações, desde caldos com curry e toppings de peixe frito. Cada região tem uma maneira diferente e típica de servir o udon. Regiões geladas como Hokkaido, por exemplo, costumam usar mais shoyu e um caldo mais gorduroso para manter o corpo quente. Alguns pratos de udon populares são:

Curry udon: Macarrão udon combinado com curry japonês. Este é mais adequado para o inverno.

Tempura udon: Geralmente servido com caldo quente e tempura no topo.

Leia também:

Soba

O macarrão soba (そ ば) é uma massa escura feita principalmente (mas não exclusivamente) de trigo sarraceno, o que lhe confere um sabor diferente e mais forte. Esta é uma opção considerada saudável e recomendado para aqueles que desejam evitar o glúten (procure a palavra juwari, que significa 100% de trigo sarraceno).

soba macarrão
(Crédito: butterlovescompany)

O prato com soba pode ser servido quente ou gelado com um caldo de imersão. Exemplos de pratos com este macarrão são zaru soba (refrigerado), kake soba (simples, com caldo tsuyu), tempura soba e kitsune soba (soba com abura-age – tofu frito). Esteja atento: a palavra soba pode ser usada como um termo generalista para todos os macarrões, mas a massa soba é um tipo particular.

soba
(Crédito: japanology)

Somen

A massa do somen é feita com água e farinha de trigo, como o udon. Mas, a principal diferença entre o somen e outros tipos de macarrão é que ele é extremamente fino (cerca de 1,3 mm de largura), esticados dessa forma com a ajuda de óleo vegetal.

Somen macarrão
(Crédito: lafujimama)

Geralmente, ela é servida gelada como um prato leve. Às vezes, eles são servidos de forma simples com gelo ou com vegetais crus por cima, sempre com o caldo tsuyu à parte para imersão. Quando é servido em um caldo quente de carne e vegetais, o somen é chamado de nyumen.

somen
(Crédito: wasa-bi)

Existe uma tradição no Japão associada ao somen. Como este macarrão é bastante escorregadio quando frio, originou-se o “nagashi somen” (macarrão fluindo). A massa é colocada em uma longa haste de bambu aberta que carrega água gelada. À medida que o somen passa, pega-se os fios de macarrão com o hashi e os mergulham no caldo. No Brasil, talvez, você já tenha visto isso em algum festival japonês tradicional.

nagashi somen
(Crédito: wasa-bi)

Com estes quatro tipos principais de massas, os japoneses fazem centenas de variedades de pratos deliciosos para todas as estações. Independente da escolha, os macarrões japoneses conquistam o paladar de qualquer um! Então, quando tiver a oportunidade de saboreá-los, aproveite!

Você já experimentou esses quatro tipos de macarrões japoneses? Qual é o seu preferido?

Comentários

Share via