Conheça 10 expressões do Dialeto de Osaka que são Meccha importante!

O Japão possui inúmeros dialetos regionais, conhecidos como hōgen (方言). Um dos mais famosos e poderosos é o dialeto de Osaka, denominado de Osaka-ben (大阪弁).

Ele difere do japonês padrão, prevalente em todo o arquipélago e comumente falado na área de Tokyo e pela mídia nacional, tanto pelo sotaque quanto pelo vocabulário específico. Seu dialeto é caracterizado pelas conversas rápidas e pelo ritmo mais melódico.

Osaka-ben faz parte de um grupo de dialetos japoneses chamado de Kansai-ben (関西弁), da qual também fazem parte Kyoto-ben (京都弁) e outros dialetos regionais da área de Kansai.

Extrovertidos e bem-humorados, os moradores locais têm muito orgulho do seu dialeto. Como Osaka é um destino turístico bastante popular, e provavelmente você estará visitando esta região pelo menos uma vez durante a sua estadia no Japão, nada melhor do que aprender algumas das expressões mais usadas pelos nativos.

1 – “Muito”, “realmente”

Dialeto de Osaka: Meccha (めっちゃ)

Meccha
(Crédito: Divulgação)

Meccha” significa “muito” ou “realmente“. É uma palavra utilizada para enfatizar o que é dito depois. Ele seria equivalente à palavra “totemo“, do japonês padrão.

Meccha bom”, “meccha bonito”, “meccha delicioso”, “seu vestido é meccha kawaii”. Coloque “meccha” na frente do que você quer dizer, especialmente quando você quer elogiar alguém. Com certeza, você vai torná-lo ainda mais feliz!

2 – “Como assim?”, “Você deve estar brincando!”

Dialeto de Osaka: Nandeyanen (何 で や ね ん)

Nandeyanen” é uma expressão que significa “Como assim?” ou “Por quê?” ou “Você deve estar brincando!”. Ela é principalmente utilizada como uma expressão cômica, como quando você dá uma rápida resposta jocosa ao seu amigo que lhe contou uma piada.

Esta palavra é frequentemente utilizada em um diálogo entre dois comediantes durante o manzai, comédia de stand-up japonês tradicional. Por exemplo, quando um diz: “Fiz algumas flexões ontem e por isso minhas pernas estão doendo”, o outro pode responder: “Nandeyanen!”. Nos últimos anos, o manzai tem sido frequentemente associado à região de Osaka, onde os comediantes frequentemente usam diversas expressões de Kansai.

Ao mesmo tempo, “Nandeyanen” é também uma palavra usada para expressar decepção, irritação, frustração ou raiva quando as coisas não terminam do jeito que se esperava. Por exemplo, pode-se dizer “Nandeyanen” ao descobrir que o seu restaurante favorito está fechado, depois de ter feito uma longa viagem para chegar ao local.

3 – Sério?

Dialeto de Osaka: Honmani? (ほんまに?)

Honmani?” significa “Sério?”, “Verdade?”, “Realmente?”. Seria o equivalente a “hontou ni?”, do japonês padrão. É usado quando você quer confirmar algo ou expressar dúvida.

4 – Obrigado

Dialeto de Osaka: Ookini (おおきに)

Ookini” significa “obrigado”. Na verdade, esta palavra não é usada com muita frequência hoje em dia, especialmente pelas gerações mais novas. Mas ainda assim, é possível ouvir algumas pessoas mais velhas dizerem “Ookini!” para seus clientes em galerias comerciais e restaurantes.

5 – Não

Dialeto de Osaka: Akan (あかん)

no
(Crédito: Divulgação)

A expressão “Akan” significa “não”. Geralmente, esta palavra tem um tom de advertência. Por isso, ela pode ser vista facilmente em sinalizadores oficiais ou em cartazes da região.

6 – Incorreto, diferente

Dialeto de Osaka: Chau (ちゃう)

Chau” significa incorreto ou diferente. Esta expressão é derivada da palavra “chigau” do japonês padrão.

Leia também:

7 – “Quanto?”

Dialeto de Osaka: Nambo (なんぼ)

Osaka compras
(Crédito:  Fast Japan)

Osaka tem sido um centro próspero de negócios e comércio por muitos séculos. Dessa forma, ao longo dos anos, os comerciantes locais criaram diversas expressões usuais referentes a este segmento.

Um deles é “Nambo” que significa “Quanto?”. Esta palavra é equivalente ao “ikura desu ka“, em japonês padrão. Os moradores locais a utilizam com bastante frequência, perguntando ao vendedor: “chotto, kore nambo?” (Desculpe-me, quanto é isso?).

8 – “Desconto, por favor”

Dialeto de Osaka: Makete (まけて)

Antiguidades e Mercado das Pulgas no Shitennoji-Temple em Osaka. (Crédito: flickr/peter-rabbit)

Como dissemos anteriormente, Osaka é uma cidade com um poderoso espírito mercante. E o ato de barganhar faz parte da sua cultura há muito tempo. Sendo assim, outra palavra referente a este universo é “Makete” que significa “Desconto, por favor”.

Claro, você não pode negociar em lojas de departamento ou em supermercados. Mas, você pode tentar em lojas de galerias comerciais e no mercado das pulgas.

9 – “É engraçado!”

Dialeto de Osaka: Omoro/Omoroi (おもろ/おもろい)

Omoro” ou “Omoroi” significa “engraçado”. Esta seria uma versão mais casual da palavra “omoshiroi” do japonês padrão. Poderia-se dizer: “Sono hanashi (wa) omoro (i)” (“Essa história é engraçada”).

10 – “Tudo bem”, “Deixa para lá”

Dialeto de Osaka: Kamahen (かまへん)

Kamahen” traduz a ideia: “Tudo bem”, “Deixa para lá”, “Não importa”, “Nada demais”, Não se preocupe”. Seu equivalente no japonês padrão seria a palavra “kamawanai“.

Fonte: Matcha, Fast JapanWikipedia, tsunagu Japan, italki, JLect, wasa-bi
Imagem destacada: Fast Japan

Comentários

Share via