Shikoku guarda as belezas do Japão

A ilha Shikoku é a quarta ilha do Japão menos populosa e ainda guarda as belezas do país. É pouco conhecida e isso explica estar tão preservada culturamente e tradicionalmente.

Tradicional e preservada

Afastada do mundo moderno, transpira história em um cenário tão belo quanto os alpes suíços. Aos poucos a ilha é destino de turistas pelo mundo.

Shikoku é uma ilha de contrastes e cores, no outuno a paisagem fica muito bela. O amarelo é das árvores Gingko, laranja e vermelho da árvores do tipo Maple.

shikoku cores outono

Possui quatro pequenos aeroportos de escala, linha férrea e balsas expressas para quem precisa chegar até lá.

É muito fácil acessá-la, porém mantém-se fora do radar do itinerário da maioria dos turistas que visitam o Japão.

Os moradores não falam inglês dificultando o turismo e pode ser considerado um dos motivos de ser tão pouco visitada, apesar disso a hospitalidade dos habitantes é típica japonesa.

Por causa disso, pode ser difícil achar locais na ilha para visitar ou até se localizar, mas não é impossível.

Os hoteis possuem poucos funcionários que falam inglês, mas aos poucos isso vai mudando. A comida é tradicionalmente japonesa e nenhuma influência do ocidente chegou por lá. Para quem busca experienciar a cultura a fundo do Japão isso é ótimo.

Leia também:

Aos poucos o turismo de Shikoku tenta atrair mais gente para lá. Quem conta ter passado por lá afirma que foi uma das melhores experiências, as pessoas são amáveis e sempre sorridentes.

templo shikoku

Além disso, são muito educadas e cordiais e todos tentam agradar. Recebem poucos turistas, são 600 todo ano. As belezas da ilha vão desde nadar em águas cristalinas a uma culinária com peixe fresco ou ficar em uma casa tradicional de 300 anos em uma vila remota.

Existe uma trilha muito bonita com 1,4 km percorre quase a ilha toda, muitos monges percorriam o caminho em busca de purificação.

Se for visitar o Japão a ilha deve entrar no seu itinerário, com certeza, valerá a pena.

Comentários

Share via