Torneio Waru oferece lutas underground em Tóquio

No Japão, existe uma cena em crescimento em que lutas underground acontecem. Insatisfeito com os torneios de lutas profissionais no Japão, o produtor de filmes Yamamoto Yoshihisa criou seu próprio clube de lutas em Tóquio.

Waru

O nome da competição (Waru) é uma homenagem ao instrutor de karatê de Yamamoto, Hisao Maki, também produtor do manga Waru Joe vs Joe.

O empresário reuniu vários  lutadores de todo submundo japonês de vários distritos do Japão para criar seu clube. As regras são mínimas, não é permitido morder, atacar o órgão genital do oponente ou o rosto do adversário quando ele estiver nocauteado, o resto é liberado.

Leia também:

O nocaute é pago em dólar e agita o submundo de apostas no Japão. Para quem está acostumado com as lutas de UFC e MMA, o Waru pode parecer um coliseu. Os lutadores não são atletas e muitos não possuem técnica alguma. As lutas são mais próximas das que acontecem nas ruas, no estilo vale tudo.

De acordo com Yamamoto, Ken e Sapp, seus lutadores preferidos sobreviveram em condições incomuns da sociedade japonesa. Eles cresceram nas ruas e passaram por todo tipo de provação. Tiveram suas vidas ameaçadas, por isso as lutas do torneio Waru são perfeitas.

Ken Moon é categórico: “Quando vi pela primeira vez alguém utilizando da violência para pagar as contas, eu sabia que era isso que eu faria da minha vida.” E continua: “Sou muito grato ao Waru por dar propósito a essa violência.”

Todos os lutadores possuem perfis parecidos e as lutas são seu motivo de vida. Para quem não conhecia, existe um submundo de guetos e lutas no Japão, pouco conhecidos pelas pessoas.

Fonte: Vice

Comentários

Share via