É provável que você saiba que a raposa é um animal auspicioso e respeitado pelo Japão, mas você sabia que cerca de 30% dos santuários shintô são dedicados a Inari?

Inari

Inari

Inari pode se apresentar de várias formas. Uma deusa bela e jovem, um bodhisattva andrógena ou uma senhora carregando um saco de arroz. Em seus primeiros registros, Inari aparecia em forma de uma raposa.

Inari já se manifestou como aranha, dragão, serpente ou raposa com várias caudas também.

Desde sua origem o Japão possui uma forte e profunda conexão com a natureza. O shintô, tal como outras religiões antigas do mundo associam os fenômenos naturais com os deuses.

Amaterasu, por exemplo, é uma das kami mais importantes do universo shintô, a deusa do Sol é muito cultuada e respeitada por todo país.

A tradição shintô diz que há oito milhões (o infinito) de kami, não é possível rastrear todos e ainda mais ranqueá-los.

Leia também:

É uma religião muito dinâmica visto que o imperador japonês era considerado um kami até 1945.

Inari

Inari foi ranqueado como o quinquagésimo kami na hierarquia shintô, ao longo dos anos ganhou popularidade e hoje é um dos kami mais respeitados e adorados no Japão.

Inari é a emanação da fertilidade, do arroz, agricultura, dinheiro e negócios. Suas qualidades certamente contribuíram para sua popularização em todo país.

De acordo com o Nihon Ryakki, um livro de registros do século XVI, no passado as raposas e os habitantes do Japão conviviam com muita proximidade.

Até os dias de hoje, encontrar com uma raposa é sinal de boa sorte. Elas são amigas fiéis e guardiãs leais. Porém há histórias em que as raposas buscavam apenas enganar e confundir as pessoas com sua aguçada inteligência.

De acordo com as lendas japonesas e shintô, quando Inari se manifesta a um ser humano é para passar algum ensinamento para a pessoa.

Nos templos shintô dedicados a Inari as pessoas oferecem ao kami tofu frito. De acordo com a tradição é seu alimento preferido.

Deusa ou não, raposas são seres místicos, belos e sutis. É muito difícil não cair em seus encantos.

Curta nossa página no Facebook
(Não aperte o botão se você já curtiu)

Comentários

comentários