Filha de Naruhito, Princesa Aiko fez 16 anos e deve intensificar trabalho na realeza

A princesa Aiko, filha do prícipe Naruhito e a princesa Masako completou 16 anos no dia 01 de dezembro de 2017.

Princesa Aiko

Desde abril de 2017 ela estuda na Gakushuin Girl’s Senior High School, após um período conturbado por problemas físicos e psicológicos, a princesa Aiko voltará a rotina escolar.

Bullying e estresse

Segundo alguns periódicos, no passado Aiko sofria bullying de seus colegas de classe. Como resultado dores de estômado e ataque de pânico atormentavam a princesa. Por conta disso, ela ficou afastada da escola durante um uma semana em 2010 e ano passado por cerca de um mês por conta de estresse.

Obrigações da realeza

Desde o ano passado, a princesa Aiko já acompanha seus pais em encontros oficiais. No dia 03 de março a princesa compareceu em uma performance dos Viennas Boy’s Choir em Tóquio. Assim como assistiu um jogo na Weelchair Basketball Championships no dia 05 de maio.

Em abril de 2017, a princesa Aiko encontrou a princesa Victoria da Suécia no Palácio Togu. Em outubro conheceu o príncipe Frederik Andre Henrik Christian e a princesa Mary Elisabeth da Dinamarca.

Leia também:

Aos poucos a princesa cada vez mais comparecerá a encontros e eventos como trabalho na realeza.

Filha de Naruhito

Príncipe Naruhito, Masako e Aiko
Príncipe Naruhito, Princesa Masako e Princesa Aiko

Seu pai, o príncipe herdeiro do trono imperial assumirá o lugar do Imperador Akihito na primavera de 2019. Mesmo Aiko sendo filha única do príncipe Naruhito e a princesa Masako, não poderá assumir o trono japonês. A tradição shintô não permite que mulheres sejam elegíveis ao trono Crisântemo.

Princesa Masako

A mãe de Aiko, a princesa Masako é uma mulher notável, formada com louvor em Harvard, ela passou também por Balliol College e Oxford. É diplomada em direito pela universidade de Tóquio e fala cinco idiomas além do japonês, russo, inglês, francês, espanhol e alemão.

Após nove meses de casamento com o príncipe Naruhito, Masako sofreu pressão da família imperial e da mídia por um herdeiro. Muitas especulações foram distribuídas por todo país.

Acredita-se que ela tivesse dificuldades biológicas e que Aiko é fruto de inseminação artificial entre o casal. A princesa Aiko nasceu em 2001. Porém a a pressão por um filho do sexo masculino continuava.

Masako foi internada em 2003 e tratada com antidepressivos. A pressão por um herdeiro do trono pela mídia, família imperial e pela sociedade japonesa causaram sintomas de pânico, ansiedade e depressão.

Após o evento, a princesa se recolheu da vida pública e viveu em isolamento. Em atitude inédita da história japonesa, o príncipe Naruhito criticou a família imperial por negarem a carreira e personalidade de sua esposa.

A atitude gerou empatia em muitos japoneses que inundaram a agência da Casa Imperial com mensagens irritadas contra a Imperial Holdhouse Agency.

Sua primeira aparição em público foi em setembro de 2004, mas só em janeiro de 2005 a princesa Masako voltou as atividades oficiais dentro da família imperial.

Por conta da renúncia do Imperador Akihito, seu filho Naruhito, Masako e Aiko ficarão mais em evidência nos próximos anos. Já que Naruhito irá assumir o trono crisântemo em breve.

Share via