Candidato a prefeito em um dos distritos de Tokyo propõe que a AI cuide da política

O futuro chegou! Mas algumas pessoas ainda não estão preparadas para aceitar a Inteligência Artificial (Artificial Inteligence – AI) como prefeito(a). O que você acha?

Leia também:

AI (Inteligência Artificial): a melhor escolha

Os japoneses já viram acontecer de tudo durante as eleições no Japão. Desde políticos usando imagens de gatos fofos, até adoráveis enfermeiras, tem de tudo em seus cartazes de campanha. Se for para trazer alguma vantagem sobre a concorrência, vale quase tudo.

Um destes cartazes apareceu recentemente na cidade de Tama, oeste de Tóquio. Os seus moradores descobriram que um dos candidatos à disputa para a prefeitura estava propondo aos eleitores que substituíssem os políticos humanos pela inteligência artificial.

A campanha

▼ Imagine a surpresa do usuário do Twitter @koheimaniax quando viu um veículo fazendo campanha pela política da inteligência artificial.

Michihito Matsuda, de 44 anos, é o homem por trás da campanha revolucionária. Seu discurso apaixonado fez as cabeças girarem enquanto ele falava em frente à Estação Central de Tama:

“Tama foi a cidade mais avançada do Japão há 40 anos. Tal como está, o envelhecimento da população só continuará a crescer, levando a uma necessidade de mudança na atual administração. Deixe a inteligência artificial determinar as políticas, reunindo os dados da cidade, e assim podemos criar políticas claramente definidas. ”

▼ O cartaz de sua campanha combinou bem com o tom do discurso.

Sua proposta é ousada e anuncia uma nova era. Isso porque, no Japão também, os políticos são famosos por não cumprirem as promessas da campanha depois de eleitos. Então, talvez um prefeito imparcial como o da AI possa trazer algum benefício à cidade.

Esta não é a primeira vez que Michihito se prepara para a disputa como prefeito de Tama. Ele já tentou conquistar os corações dos moradores há quatro anos atrás.

▼ Contudo, o candidato Hiroyuki Abe obteve uma vitória esmagadora de 31.828 votos sobre os 3.509 de Michihito, nas eleições de 2014.

Agora vai?

Então, por que aconteceu essa diferença grande nos votos? Aconteceu que os moradores de Tama naquela época, talvez não tivessem a coragem de confiar seu futuro às mãos da AI. Ou então, a perspectiva de um futuro distópico, comandado por robôs como os encontrados em filmes de ficção científica, ainda não agrada à maioria.

▼ Ou talvez, tenha sido a roupa de Michihito. Porque pintar uma camiseta com as palavras “AI Matsuda” usando uma caneta não inspira muita confiança. O que você acha?

Mas mesmo assim, sua tentativa conseguiu convencer 3.509 pessoas a apoiar seus ideais há quatro anos atrás. E com tantos políticos histéricos levando as pessoas à loucura, pode ser que os moradores decidam finalmente aceitar a AI n​​este ano. Será?

Fontes: The Mainichi NewspapersSenkyo via Hachima KikouTwitter/@koheimaniax, SoraNews24,  Pakutaso Pakutaso

Share via